Skip to content

Produção

ANA PAULA DANTAS

Colóquios e Comunicações

  • 14 a 15 de maio 2015-  «Clarice’s Love/Amor de Clarice». (Apresentação de Comunicação| para publicação em revista). International Conference Digital Literary Studies. School of Arts and Humanities, University of Coimbra.
  • May,14-15, 2015 – «Exhibition – Language and the Interface». International Conference Digital Literary Studies. School of Arts and Humanities, University of Coimbra, Portugal
  • Janeiro de 2014 – «Harnessing science and technology for understanding and change». Dead Sea Scrolls: Life and Faith in Ancient Times, Exhibition. The Leonardo Organization. Salt Lake City, UTAH
  • 28 de dezembro de 2013 – Colloquia «Sacred Rites and Celebrations – Past and Present». Dead Sea Scrolls: Life and Faith in Ancient Times, Exhibition. The Leonardo Organization. Salt Lake City, UTAH.
  • 23 de março de 2013 – «8900 Formas da Felicidade» – Exposição de Alberto Casiraghy. Uma organização conjunta de Catarina Figueiredo Cardoso, Roberto Cremascoli e a Associazione Socio-Culturale Italiana Del Portogallo. La Galleria Italiana ASCIP. Porto.
  • 22 a 23 de novembro de 2012 – «The Walking Man: Labyrinth, Memory and Anesthesia in Próspero Saíz’s Poetry and Prose». Discourses That Matter: Contemporary Approaches to English and American Studies. 1st International Graduate Conference. Faculty of Arts and Humanities, Universidade de Coimbra, Coimbra (Portugal).
  • 12 a 14 de maio de 2011 – «Current Debates in English and American Studies». XXXII Encontro da APEAA, 32nd APEAA Conference. Faculty of Arts and Humanities, University of Coimbra.
  • 27 a 29 de maio de 2010 – «The Tongues of Poetry/As Línguas da Poesia ». Faculty of Arts and Humanities, University of Coimbra.
  • 06 a 08 de maio de 2010 – «Iº Colóquio da Primavera – Literatura , Espaço, Cartografias». Centro de Literatura Portuguesa, Faculdade Letras, Universidade de Coimbra.
  • 12 a 13 de junho de 2009 – «America Where? Transatlantic Scholarship of the United States of America in the Twenty-first Century». Faculty of Arts and Humanities, University of Coimbra.
  • 08 a 09 de novembro de 2008 – Colóquio «Estudos Feministas e Cidadania Plena». Faculdade de Letras. Auditório da Reitoria da Universidade de Coimbra.

Publicações

  • DANTAS, Ana Paula. «Recensão In Time, Keep the Muse Thin». Próspero Saíz. Revista MatLit, Coimbra [no prelo]
  • DANTAS, Ana Paula. «Recensão Deconstruction and the Lyric: Ça s’écrit». Próspero Saíz. Revista MatLit, Coimbra [no prelo]
  • DANTAS Ana Paula. Co-Autora de volume de homenagem. Organização de Maria Isabel Caldeira, Graça Capinha e Maria José Canelo. IUC. [no prelo]
  • DANTAS Ana Paula. «Clarice’s Love/Amor de Clarice». (Apresentação de Comunicação| para publicação em revista, com origem na International Conference Digital Literary Studies. School of Arts and Humanities, University of Coimbra, Portugal,14 e 15 de maio de 2015).
  • DANTAS Ana Paula. «Na Rota do Atlântico. À Procura de Informação: O Astrolábio e a Nuvem». Trabalho apresentado à A3ES para integração na CAEs como estudante avaliador. Abril 2015.
  • ATHAYDE Manaíra, PEREIRA Paulo. Com a colaboração de Ana Paula DANTAS, Ana SILVA e Diogo MARQUES. «A minha busca é consistente nestes mais de trinta anos’: Uma entrevista com Eduardo Kac. Revista MatLit, vol.3. 1, nº 1, 2015. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.
  • PORTELA, Manuel. CARDOSO, Catarina Figueiredo. MOCK, John D. DANTAS, Ana Paula.«‘Eye-Mind-Design-Production’: An Interview with Johanna Drucker». Revista MatLit, vol. 1, nº 1, 2013. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.
  • DANTAS, Ana Paula. «Encontros de Poetas: Voz, Silêncio e Glifo na Obra de Próspero Saíz. O Encontro das Línguas nos Cânticos. P.s.: Todos os Nomes, Todos os Poetas». Dissertação de Mestrado em Poesia e Poética. Universidade de Coimbra, 27 de Julho de 2011.

Workshops / Cursos

  • 23 e 24 de maio de 2016 – «Descolonizando Saberes  a partir de Narrativas Orais, Urbanas e Digitais: Brasil e África em Diálogo». Mauren Pavão Przybylski. Organização do Instituto de Estudos Brasileiros e do Programa de Doutoramento FCT em Materialidades da Literatura. Faculdade de Letras. Universidade de Coimbra.
  • 25 de fevereiro de 2016 – «Comunicar em público: estratégias para o sucesso». Joana Brites. PhD+ Programa de Workshops @ IIIUC. Instituto de Investigação Interdisciplinar, Polo II, Casa Costa Alemão, Universidade de Coimbra.
  • 19 de novembro de 2015 – «Grant proposals: funding opportunities and writing tips». Cláudia Cavadas e Ramiro Almeida. PhD+ Programa de Workshops @ IIIUC. Instituto de Investigação Interdisciplinar, Polo II, Casa Costa Alemão, Universidade de Coimbra.
  • 29 de outubro de 2015  – «Como desenhar e defender a sua tese com o software idea puzzle». Prof. Doutor Ricardo Morais. Auditório Laginha Serafim. Faculdade de Engenharia, Universidade de Coimbra.
  • 21 de outubro de 2015 – «Propriedade Intelectual». Claudia Cavadas, Ramiro Almeida, Jorge Figueira, José Ricardo Aguilar. PhD+ Programa de Workshops @ IIIUC. Instituto de Investigação Interdisciplinar, Polo II, Casa Costa Alemão, Universidade de Coimbra.
  • 17 de setembro de 2015 –«Recursos de informação disponíveis na U.C.: quais, como, porquê?». Prof. António Portugal.
  • 17 de setembro de 2015 –«Ferramentas úteis em investigação». Ana Miguéis, Prof. Delfim Leão, Maria José Carvalho. PhD+ Programa de Workshops @ IIIUC. Instituto de Investigação Interdisciplinar, Polo II, Casa Costa Alemão, Universidade de Coimbra.
  • 15 de dezembro de 2014, «Curso A3ES  – Curso básico de formação para estudantes-avaliadores  – CAE», Ação de  formação para estudantes. Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES). Auditório Laginha Serafim. Departamento de Engenharia Civil (Pólo II). Universidade de Coimbra.

Outras atividades

  • 2015 – 2016  –  Illinois, Urbana-Champaign, Illinois. Aluna visitante nas Universidades dos Estados Unidos da América.
  • 11 e 12 de Janeiro de 2016 – estudantes – avaliadores – Avaliação da área de Culturas, Línguas e Literaturas Estrangeiras. Licenciatura em Línguas e Culturas Estrangeiras. Instituto Politécnico do Porto. (convite, não participei)
  • 22 de junho de 2016 –  Exposição «Bird-Watching: Visualizações da Influência de “Canção do Exílio”», de Alaina Enslen e Joshua Enslen, Reinterpretação artística das relações intertextuais analisadas. Museu da Ciência da Universidade de Coimbra (Diretora: Profª Doutora Carlota Simões). Organização conjunta do Instituto de Estudos Brasileiros e do Programa de Doutoramento FCT em Materialidades da Literatura.
  • 22 de junho de 2016 – Visita Guiada. Apresentação e sessão de autógrafos do livro de BD «O Segredo de Coimbra» pelo autor Étienne Schréder. Participação de  João Ramalho Santos, João Miguel Lameiras e José de Freitas. Museu da Ciência da Universidade de Coimbra.
  • 9 de março 2016 – «Fragmentos Pictóricos do Desassossego».  Élia Ramalho. Exposição integrada na 18ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra: tema geral,  “O Livro. No princípio, era o conhecimento”.
  • 4 de março 2016  –   «Registos Sonoros de Interpretação Poética: análise dos modos de dizer poesia em Portugal, a partir das gravações em disco». José Geraldo. Provas de doutoramento em Materialidades da Literatura. Sala dos Actos da Universidade de Coimbra.
  • Novembro 2015 – presente. Equipa de investigação: Grupo de investigação no âmbito do CLP (Coordenador – Prof. Carlos António Alves dos Reis). Projeto: «Ex Machina: Inscrição e Literatura» (Mediação Digital e Materialidades da Literatura). Coordenador: Prof. Manuel Portela. Responsável:  Prof. Paulo Silva. Equipas das unidades de I&D financiadas pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia.
  • 14 e 15 de dezembro de 2015 – estudantes – avaliadores -Avaliação da área de Culturas, Línguas e Literaturas Estrangeiras da licenciatura em Línguas Aplicadas, da licenciatura em Línguas, Literaturas e Culturas e do mestrado em Estudos Literários, Culturais e Interartes. Universidade do Porto. (convite, não participei).
  • 2015 – Atribuição de Bolsa estudante avaliador. A3ES: estudante aceite para integrar as CAEs.
  • 22 de janeiro de 2015 – «Teoria da Literatura e Interpretação: O Século XX em 3 Argumentos». Ricardo Namora. Apresentação da obra por Osvaldo Manuel Silvestre. Sala do ILLP, FLUC.
  • 7 de janeiro de 2015 – «Imersão e Interactividade na Ficção Digital». Daniela Côrtes Maduro. Provas de doutoramento em Materialidades da Literatura. Sala dos Actos da Universidade de Coimbra.
  • Aluna visitante nas Universidades dos Estados Unidos da América,
    2014 – Illinois, Urbana-Champaign, Illinois.
    2013 – Clemson, South Caroline.
    2013 – Salt Lake City, Utah.
    2010, 2009, 2008, 2007, 2006 – PennState, Pennsylvania.
    Aluna visitante na Universidade do Canadá,
    2010 – Regina, Saskatchewan.
  • 15 a 16 de abril de 2011 – «as Poéticas de Resistência: O Século XXI em Portugal». Fundação para a Ciência e a Tecnologia, Núcleo de Humanidades, Migrações e Estudos para a Paz, Programa “Poetas em Residência” da FLUC. Organização de Graça Capinha. Centro de Estudos Sociais/Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
  • 15 a 16 de abril de 2011 – «Escrita Criativa: Poéticas do Não-Dito, do Interdito e do Inaudito». Organização de Graça Capinha. Centro de Estudos Sociais, Coimbra.
  • 29 Set 2010 – Performance «‘os sons it(n)rantes’», conceção e participação com voz e flauta de Tiago Schwäbl. Participação de Ana Paula Dantas e Manuel Portela com voz, Igor Silva com música eletrónica e Laetitia Morais com vídeo. Teatro da Cerca de São Bernardo, Coimbra (Portugal).
  • 2009 – «B on – Biblioteca do conhecimento on-line». Fundação para a Computação Científica Nacional. Biblioteca Central do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.
  • 2005 – vitalício – Certificado de Aptidão Profissional. Novas Competências no Ensino.
  • 2000 – 2004 – Certificado de Aptidão Profissional. Novas Competências no Ensino.
  • 2000 – presente – Formadora da língua inglesa em Cursos de Educação e Formação (CEF) e em Cursos de Educação de Adultos (EFA).

ANA SABINO

Colóquios e Comunicações

  • 5 de Dezembro de 2015 – «O tipógrafo enquanto crítico literário»; ». 6ET – 6º encontro de tipografia, Departamento de Comunicação e Arte, Universidade de Aveiro, Portugal.
  • 21 de novembro de 2012 – «Não me contes o final: Apontamentos sobre narrativa e expectativa na literatura e no cinema»; I Simpósio – A Fusão das Artes no Cinema, XX edição do Festival Caminhos Cinema Português. Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Portugal.

Publicações

Outras atividades

ANA MARQUES DA SILVA

Colóquios e Comunicações

  • Outubro 2016, “Ciberliteratura, automação e o panóptico digital”, Congresso de Cibercultua, Instituto de Ciências Sociais, Universidade do Minho, Braga, Portugal.
  • Julho 2016, “No tempo em que as máquinas falavam”, Estados de la Investigación II – Desarrollos teórico-metodológicos en los Estudios Portugueses y Brasileños; Coordinación del Grado en Estudios Portugueses y Brasileños, Universidade de Salamanca, Espanha.
  • Junho 2016, Algorithmic Cognition in Literary Machines: Understanding and Hacking the Apparatus”, Cognitive Futures in the Humanities International Conference, University of Helsinki, Finlândia.
  • Abril 2016, “Speaking to Listening Machines: Literary experiments with control interfaces”, Interface Politics International Conference, BAU/GREDITS, Barcelona, Espanha.
  • Outubro 2015, “Writing Digital and the question of authorship in generative literature: remixing Nick Montfort’s Taroko Gorge“, Reading wide, writing wide in the Digital Age: Perspectives on Transliteratures, Universidade Compultense de Madrid, Espanha.
  • Outubro 2015,  “Software e literacia digital:  RiTa Toolkit e a geração textual automática”, Congresso HUmanidades Digitais em Portugal, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, Portugal.
  • Agosto 2015, “Without beginning or end: reading and writing in generative literature”, The End(s) of Electronic Literature International Conference, University of Bergen, Noruega.
  • Maio 2015, “Performative materialities of language and meaning”, Digital Material International Conference, National University of Ireland, Galway, Iralanda.
  • Novembro 2014, “A personagem: da escrita à tela”, 1º Simpósio ‘A fusão das artes no cinema’, XX Festival Caminhos do Cinema Português, Universidade de Coimbra, Portugal.

Publicações

  • SILVA, Ana Marques (no prelo), “Zoom in, zom out, refocus: Is a global electronic literature possible?”, Hyperrhiz: New Media Cultures, Issue 15.
  • SILVA, Ana Marques (2016), “Speaking to listening machines: literary experiments with control interfaces”, Interface Politics – 1st International Conference Proceedings. ISBN 978-84-617-5132-7. GREDTIS. Barcelona.
  • SILVA, Ana Marques (2016), “Humano no meio do caminho. Recensão crítica de: Posthumanism: A critical analysis. MATLIT v. 4, n. 2, Estudos Literários Digitais 1, Manuel Portela & António Rito Silva (Orgs.), p. 301-307. ISSN 2182-8830. Coimbra: Universidade de Coimbra.
  • SILVA, Ana Marques (2016), “There Is No Electronic Literature (But It Is Everywhere)”, Review of: Sandy Baldwin, The Internet Unconscious: On the Subject of Electronic Literature. MATLIT v. 4, n. 1, Estudos Literários Digitais 1, Manuel Portela & António Rito Silva (Orgs.), p. 185-190. ISSN 2182-8830
  • SILVA, Ana Marques (2016), “A Literatura Electrónica Não Existe (Mas Está em Todo o Lado). Recensão crítica de Sandy Baldwin, The Internet Unconscious: On the Subject of Electronic Literature. Bloomsbury Academic, 2015, 187 pp. ISBN 978-1-62892-338-4”, 196 pp. Coimbra: Universidade de Coimbra.
  • SILVA, Ana Marques (2016), Recensão de: PO.EX.: Essays from Portugal, Revista Colóquio/Letras, nº 191, Fundação Calouste Gulbenkian. ISSN 0010-1451.
  • SILVA, Ana Marques (2015), “Beneath and Beyond the Code”. MATLIT: Revista do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura, v. 3, n. 1, p. 251-255. ISSN 2182-8830.
  • SILVA, Ana Marques (2015), “A personagem: da escrita à tela”, Actas do 1º Simpósio A fusão das artes no cinema, XX Festival Caminhos do Cinema Português, Coimbra. ISBN 978-989-98948-2-2.
  • SILVA, Ana Marques (2014), «Para uma arqueologia do escritório. Recensão de: El gabinete de Fausto, “teatros” de la lecto-escritura a un lado y otro de la frontera digital», Revista de Estudos Literários, nº 4, CLP, FLUC. ISSN 2182-1526
  • SILVA, Ana Marques (2011), Dissertação de Mestrado em Ensino do Português e Francês no Ensino Secundário: A Poesia no Ensino das Línguas, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa

Outras atividades

  • 2016 – Membro da equipa de curadoria da Exposição de Literatura Electrónica Translations, no âmbito da Conferência Internacional da Electronic Literature Organization – Affiliations, Communities, Translations, a decorrer no Porto em Julho de 2017.
  • 2015 – Membro da comissão organizadora do Colóquio Internacional Digital Literary Studies, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
  • 2015 – Membro da equipa de curadoria da Exposição de Literatura Electrónica “Language and the Interface“, no âmbito do Colóquio Internacional Digital Literary Studies, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
  • 2014 – Workshop Curating Electronic Literature, Festival Post-Screen, Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa.
  • 2014 – Segunda Summer School em Materialidades da Literatura, «XML TEI: Oficina de Introdução», Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
  • Desde 2013 – Membro em formação do Centro de Literatura Portuguesa da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
  • 2002 – Colóquio Heidegger, linguagem e tradução, Centro de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.
  • 2002 – Curso Livre  de  Literatura  Portuguesa  Contemporâneo, contemporâneos na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

BRUNO FONTES

Colóquios e Comunicações

  • 28 de julho de 2016 – “Relações entre cinema e escrita em Dangerous Liaisons (Stephen Frears, 1988) e Conversa acabada (João Botelho, 1981)”. Conferência Internacional Cinema, Arte, Tecnologia, Comunicação. Festival de cinema de Avanca – Portugal.
  • 28 de outubro de 2015 – “Vision and Sound: Allen Ginsberg’s Songs of Innocence and Experience and Blake’s illuminations”. 4th Annual meeting of the European Beat Studies Network (EBSN). Université Libre de Bruxelles. Bruxelas – Bélgica.

Publicações

  • FONTES, Bruno. “A necessária fricção (ou talvez não)” [Recensão a Transmedia Frictions: The Digital, the arts and the humanities]. Revista MatLit, vol. 4, n. 2, Coimbra, 2016.
  • FONTES, Bruno Miguel (no prelo), “Aproximações à obra de Camilo Pessanha”, in Rui Sousa e Annabela Rita (eds.), A Dinâmica dos Olhares – Cem Anos de Literatura e Cultura em Portugal, Lisboa, CLEPUL
  • FONTES, Bruno Miguel (2011), “Num mundo sempre noir: Um estudo do film noir moderno, seguido de uma análise de Chinatown, de Roman Polanski”, Dissertação de Mestrado em Estudos Artísticos, Universidade de Coimbra.
    (link para estudo geral – https://estudogeral.sib.uc.pt/handle/10316/19744)

Outras atividades

  • Membro da European Beat Studies Network.
  • Membro da International Society for Intermedial Studies.
  • 2 de julho de 2016 – “Cinema is dead, long live cinema”: Conferência de Peter Greenaway, inserida na VI Lisbon Summer School on transvisuality. Organização da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Católica de Lisboa. Teatro Municipal S. Luiz, Lisboa.
  • Desde 2011 – Revisor de texto de artigos científicos da revista “Referência” (UICISA/ESEnfC).
  • 2010- 2011 – Organização de ciclos de cinema em Coimbra (TAGV, Casa da Cultura, Museu Municipal/Edifício Chiado…), no âmbito do Mestrado em Estudos Artísticos.
  • 2009 – Realização de um curso de escrita criativa na Associação Cultural Tubo d’Ensaio de Artes (Figueira da Foz).

BRUNO MINISTRO

Colóquios e Comunicações

  • 27 e 28 de outubro de 2016 – «Expanding (?) experimental poetics (?): Is this (Copy) Art?». Jornades Internacionals de Poesia. MACBA e Universidade de Barcelona, Espanha.
  • 13 e 14 de outubro de 2016 – «Big Data e Cyberpunk: Utopias tecnológicas, distopias literárias». Congresso de Cibercultura. Instituto de Ciências Sociais, Universidade do Minho, Braga, Portugal.
  • 29 e 30 de junho de 2016 – «PO-EX.NET: Taxonomia, Interoperabilidade, Performatividade, Pedagogia.». Curadoria Digital: Estratégias e Experiências. Bruno Ministro, Rui Torres, Manuel Portela e Sandra Guerreiro Dias. Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa, Portugal.
  • 05 a 07 de agosto de 2015 – «An intermedial archive to an intermedial practice of language: Performance art, experimental poetry and electronic literature in Portugal». Bruno Ministro e Sandra Guerreiro Dias. Electronic Literature Organization Conference 2015. Bergen, Noruega.

Publicações

Outras atividades

  • 18 de setembro de 2016 – Participação, com Rui Torres, na apresentação e enquadramento de Lidança (1968) de Abílio-José Santos. Livraria Gato Vadio, Porto. Organização: Gato Vadio.
  • 19 de julho de 2016 – Dinamização, com Nuno Miguel Neves, de «Montanha-russa: a literatura e as máquinas», sessão de apresentação das Materialidades da Literatura na Universidade de Verão. Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Organização: Universidade de Coimbra.
  • 4 a 8 de julho de 2016 – Frequência de Digital Humanities at Oxford Summer School, escola de verão coordenada por James Cummings e Pip Willcox. Universidade de Oxford, Reino Unido. Organização: Oxford e-Research Centre, IT Services, the Oxford Research Centre in the Humanities (TORCH), the Oxford Internet Institute, and Oxford’s Bodleian Libraries.
  • 15 de abril de 2016 – Frequência de The Renderings and Speeches: Translating Literary Works in the Digital Age, workshop dirigido por Piotr Marecki. Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Organização: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.
  • 23 de fevereiro de 2016 – Frequência de A Poética da Voz, masterclass conduzida por Américo Rodrigues. Salão Brazil, Coimbra. Organização: Serviço Educativo do Jazz Ao Centro Clube. Evento enquadrado no projeto multidisciplinar Das palavras nascem sons dos sons nascem ideias.
  • 07 de fevereiro de 2015 – Intervenção no «Ciclo ARQUIVO VIVO É ANARQUIVO! — Apresentação do Arquivo Digital da Literatura Experimental Portuguesa». Sessão n. 02, tema: Texto-texto. Livraria Gato Vadio, Porto. Organização: Rui Torres e Gato Vadio.
  • Colaborador do Arquivo Digital da Literatura Experimental Portuguesa (po-ex.net).
  • Colaborador do Consortium on Electronic Literature (CELL).
  • Membro da Electronic Literature Organization (ELO).
  • «vv. avulso: leituras, performances, escritas em código natural e em código informático, inscrições em papel, ecrã/disco duro, corpo ou onda sonora». Site pessoal sobre atividades practice-based reseach.

CAIO DI PALMA

Colóquios e Comunicações

  • 12 a 14 de maio de 2016 -«A Partitura Gestual em José Ángel Valente: Relações entre Caligrafia Chinesa e Meditação Matérica na Poesia Metafísica Ocidental». Congresso Internacional Culture e Letterature in Dialogo: Identità in Movimento, Università degli Studi di Perugia, Perugia (Itália).
  • 16 a 19 de abril de 2015 – «Silêncio e pantonalidade enquanto materialidade estética em John Cage». Colóquio international (E)migrações, transferências: mestiçagens e dinâmicas da cidade. Universidade Masaryk, Brno (República Tcheca).
  • 29 a 31 de outubro de 2014 – «Por uma Arquitetura do Movimento Poético na Contemporaneidade». II Convegno AISPEB – Modelli, Tradizioni, Contaminazioni e Dinamiche Interculturali nei/tra i Paesi di Lingua Portoghese. Associoazione Italiana di Studi Portoghesi e Brasiliani, Dipartimento di Filologia, Letteratura e Linguistica, Pisa (Itália).
  • 25 a 27 de setembro de 2014 – «O silêncio e o Zen enquanto espaços de inscrição estética na poética de José Ángel Valente». 2º JOEEL – Jornada Internacional de Estudos sobre o Espaço Literário | TOPUS – Grupo Interinstitucional de Pesquisa Espaço, Literatura e Outras Artes. ESEV, Viseu (Portugal).
  • 2012 – «Da Figuração do (In-)umano ao Ethos Vegetalista: Trajetos do ‘Ser’ Llansoliano na Restante Vida». III Seminário dos Alunos dos Programas de Pós-Graduação do Instituto de Letras da UFF: Tendências e Perspectivas em Linguística e Literatura.  Universidade Federal Fluminense, Niterói (Brasil).
  • 2012 – «Imagens do Corpo n’A Geografia de Rebeldes: A Modulação do Ser e a Memória Histórica na Grafia de Mundos Restantes». Seminário Interseções, Corpo e Memória. Universidade Federal de Pernambuco, Recife (Brasil).
  • 2010 – «A Arte Desestetizante ou O Dionisismo Estético no Fulgor Llansoliano». II Simpósio de Pós-Graduação Lato Sensu de Poesia e Ficção. Universidade Federal Fluminense, Niterói (Brasil).
  • 2010 – «Do Cerne à Cena: o Duplo, o Espelho e a Fragmentação Barthesiana nos Bosques Ficcionais da Narrativa». Seminários Internacionais Intersemióticos VI: Roland Barthes, do estruturalismo ao pós-estruturalismo, Universidade Federal Fluminense, Niterói (Brasil).
  • 2010 – «O Drama-Poesia Neobarroco Llansoliano ou O Trajeto Desestetizante no Ardente Texto Fulgural». VII Seminário das Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África/ III Colóquio Literatura, Guerra e Paz: Em torno da violênica: palavra, corpo, imagem. Universidade Federal Fluminense, Niterói (Brasil).
  • 2008 – «Guerra Junqueiro in ‘Benedictus Dominus Deus Qui Dedit Nobis Signum’: Diálogos Estético-Contextuais entre Fernando Pessoa, Guerra Junqueira e o Insulamento Identitário Lusitano». VI Seminário de Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África. Memória, Paisagem e Escrita. Universidade Federal Fluminense, Niterói (Brasil).

Publicações

  • DI PALMA, Caio. «A partitura do movimento físico em José Ángel Valente: Relações entre caligrafia chinesa e meditação na rearticulação matérica da poesia metafísica». Livro de actas do Congresso Internacional Culture e Letterature in Dialogo: Identità in Movimento, Università degli Studi di Perugia [No prelo].
  • DI PALMA, Caio. «Silêncio e pantonalidade enquanto materialidade estética em John Cage». Journal Études Romanes de Brno, Universidade Masaryk de Brno, República Tcheca, 2º sem 2016.
  • DI PALMA, Caio. «Por uma arquitetura do movimento poético na contemporaneidade». Livro de Actas do Secondo Convegno AISPEB 2014, Università di Pisa, Itália, 2014.
  • DI PALMA, Caio. «O silêncio e o Zen enquanto espaços de inscrição estética na poética de José Ángel Valente». Livro de Actas do 2º JOEEL – Jornada Internacional de Estudos sobre o Espaço Literário, TOPUS – Grupo Interinstitucional de Pesquisa Espaço, Literatura e Outras Artes, 2014.
  • DI PALMA, Caio. «O Drama-Poesia Neobarroco Llansoliano ou O Trajeto Desestetizante no Ardente Texto Fulgural». VII Seminário das Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África/ III Colóquio Literatura, Guerra e Paz: Em torno da violênica: palavra, corpo, imagem. Rio de Janeiro: Léo Christiano Editorial, 2010.
  • DI PALMA, Caio. «Guerra Junqueiro in ‘Benedictus Dominus Deus Qui Dedit Nobis Signum’: Diálogos Estético-Contextuais entre Fernando Pessoa, Guerra Junqueira e o Insulamento Identitário Lusitano». VI seminário de Literaturas de Língua Portuguesa: Portugal e África. Memória, Paisagem e Escrita. Rio de Janeiro: Léo Christiano Editorial, 2008.

Outras atividades

  • 08, 09 e 10 de julho de 2014 – I Workshop de Verão do CHSC: «Estudo e Manufactura de Instrumentos e Suportes de Escrita». Coord. Irene Vaquinhas. Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, Coimbra (Portugal).

CAROLINA MARTINS

Colóquios e Comunicações

  • 18 de Novembro de 2016 – «You are Here: Movement and Vision in Marc-Antoine Mathieu’s SENS». Transitions 7: New Directions in Comics Studies — Simpósio que integra o Comica – The London International Comics Festival. Org. Birkbeck College, Studies in Comics, European Comic Art, Journal of Graphic Novels and Comics, Comics Grid and The Contemporary Fiction Seminar.
  • 10 a 12 de Junho de 2016 – «Liberdade condicional: a performance do leitor em Building Stories, de Chris Ware». CONFIA – Conferência Internacional em Ilustração e Animação. Coord. Paula Tavares, Pedro Mota Teixeira, Marta Madureira, Jorge T. Marques e Manuel Albino. IPCA. Barcelos, Portugal.
  • 2015 – «PONTOS: uma recombinação textual intermedial e transpoética». Com D. Marques. Participação em Talks sobre ideias selecionadas durante a Open Call do festival PLUNC. Faculdade de Belas-Artes, Lisboa, Portugal.

Publicações

  • MARTINS, Carolina. «Liberdade condicional: A performance do leitor em Building Stories, de Chris Ware». P. Tavares, P. M. Teixeira (Coord.): CONFIA: 4ª conferência Internacional em Ilustração e Animação, Barcelos, IPCA, 2016, pp. 255-263.

Outras atividades

  • 05 de Novembro de 2016 – Aula sobre a relação da BD com outras artes na Escola de Dança Ana Kohler, no âmbito do programa da actividade de História da Arte, dirigida por Daniela Reis.
  • 21 de maio a 15 de junho 2016 – Co-curadoria em Exposições de Literatura Experimental: “Tacto/Contacto: do gesto analógico ao toque digital” (em conjunto com Diogo Marques), Livraria-Galeria Leituria, Lisboa.
  • 2016 – Coparticipação na concepção e representação da performances poética: “PONTOS/SOTNOP”, 2016, Livraria-Galeria Leituria, Lisboa.

CATARINA FIGUEIREDO CARDOSO

Colóquios e Comunicações

  • 19 de Setembro de 2015 – «Apresentação do Tipo.PT em Salamanca», Muestra de Editores Inclasificables, Biblioteca Pública Casa de las Conchas, Salamanca (Espanha).
  • 29 a 30 de maio de 2015 – Participação em «O que um livro pode». Participantes: David-Alexandre Guéniot, da Editora Ghost. Moderação: Sandra Vieira Jürgens, investigadora no Instituto de História da Arte – FCSH/UNL e Directora da RAUM: residências artísticas online. Lisboa (Portugal).
  • 09 e 10 de maio de 2015 – Apresentação do projecto «Tipo.Pt no TRANSFER». Feira de Edições 2015, CIAJG, Guimarães (Portugal).
  • 10 de março de 2015 – «Os Livros das Cores: as iluminuras analógico-digitais de Isabel Baraona». Simpósio Materialidades da Literatura e Livros de Artista. Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura, Faculdade de Letras, Universidade de Coimbra; Centro de Pesquisas William Blake, Universidade Federal de Santa Maria. Coimbra (Portugal).
  • 30 de novembro de 2014 – Mesa redonda sobre o «Anuário da Tipo.pt e o Portuguese Small Press Yearbook 2014». 5ª Feira do Livro de Fotografia, Fábrica do Braço de Prata, Lisboa (Portugal).
  • 19 de abril sw 2014 – CARDOSO, Catarina Figueiredo; BARAONA, ISABEL; GOMES, Tiago. «Pré-apresentação do mais recente número da Bíblia que celebra os 40 anos do 25 de Abril e os 18 da revista». O Que Um Livro Pode – 3ª edição. Orgs. Oficina do Cego, GHOST, STET e Tipo.PT. Atelier REAL, Lisboa (Portugal).
  • 11 Abr 2014 – CARDOSO, Catarina Figueiredo; BARAONA, ISABEL.  «Tipo.PT e Portuguese Small Press Yearbook». CSO’2014: V Congresso Internacional  Criadores Sobre outras Obras. Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Lisboa (Portugal).
  • 15 a 17 de novembro de 2013 – «Venus d’Ailleurs: reinventingThe book in all its forms». Resurrecting the Book. Biblioteca de Birmingham, Birmingham (Inglaterra).
  • 14 de fevereiro de 2013 – «Livros de artista, edições de autor e produção independente: a procura da sistematização». Poesia Experimental: Materialidades e Representações Digitais. Colóquio Final do Projeto PO.EX’70-80. Universidade Fernando Pessoa, Porto (Portugal).
  • Março de 2012 – «Mes Amours». PAB 18. Association des Amis du Musée-Bibliotheque Pierre-Andre Benoit, Alès (França).

Publicações

  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «Coleccionadores na Arco Lisboa».  Artecapital – Magazine de Arte [em linha], Jun/2016.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «Sonnabend em Portugal». Artecapital – Magazine de Arte [em linha], Mai/2016.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «Coleccionadores Amadores e Profissionais Coleccionadores (II)». Artecapital – Magazine de Arte [em linha], Abr/2016.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «Coleccionadores Amadores e Profissionais Coleccionadores (I)». Artecapital – Magazine de Arte [em linha], Mar/2016.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «Fernando Aguiar: Um arquivo poético». Artecapital – Magazine de Arte [em linha], Fev/2016.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «Janeiro de 2016: Ser coleccionador é…». Artecapital – Magazine de Arte [em linha], Jan/2016.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. BARAONA, Isabel. Portuguese Small Press Yearbook 2015, Set/2015.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «A Not So Global History of the Book» [Recensão crítica de Michael F. SUAREZ S.J., H.R. WOUDHUYSEN, eds., The Book: A Global History, Oxford, Oxford University Press, 2013, 748 pp.]. Revista MatLit, vol. 3, n. 1, 2015, pp. 279-283.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «“ler” o poema é simplesmente dobrar e desdobrar [‘to read’ the poem is simply to fold and unfold]: Artist’s books by António Aragão». Cibertextualidades, n. 07, Porto, 2015, pp. 109-126.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo; BARAONA, Isabel. «Da Prática e da Colecção à Investigação». Kraft #1, Porto, FBAUP, pp. 55-58, 2014.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo; BARAONA, Isabel. «9500 Formas da Felicidade: As Edições Pulcinoelefante e Eu». Lisboa: Oficina do Cego, 2015. 50 ex. +2 HC+2 PA.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «Past’s Present: Artist’s Books by José Oliveira». Revista MatLit, Coimbra, n. 01. vol. 2, 2014, pp. 135-156.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. Recensão «”On Being Contemporary”: Esthétique du Livre d’Artiste: Une Introduction à l’Art Contemporain, de Anne Moeglin-Delcroix». Le mot et le reste/ Bibliothèque Nationale de France, Marseilles/Paris, 2012.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo; BARAONA, Isabel (Orgs.). Portuguese Small Press Yearbook 2014, Out/2014.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. « José Oliveira. O presente do passado/ Le présent du passé ». Ligature Revue Critique du Livre d’Artiste #5, n. 03, Junho 2014.
  • CARDOSO, Catarina F; BARAONA, Isabel Baraona. «Tipo.PT e Portuguese Small Press Yearbook». Revista Estúdio, Artistas sobre outras Obras, vol. 5 (9), pp. 214-221.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo (Dir.). Portuguese Small Press Yearbook 2013, Fall 2013, n. 01. Lisboa: Portuguese Small Press Yearbook, 2013.
  • PORTELA, Manuel. CARDOSO, Catarina Figueiredo. MOCK, John D. DANTAS, Ana Paula. «‘Eye-Mind-Design-Production’: An Interview with Johanna Drucker». Revista MatLit, vol. 1, n. 01, 2013. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. BARAONA, Isabel (Orgs.). The Journal of Artists’ Books, Fall 2012, n. 32. Chicago: Columbia College Chicago Center for Book & Paper Arts.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «Artists’ Books Not Found: An Absence in Portuguese Art Theory But Not in Portuguese Art Practice». The Journal of Artists’ Books, Fall 2012, n. 32. Chicago: Columbia College Chicago Center for Book & Paper Arts.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «Frenesi: A Publisher of Artists’ Books». The Journal of Artists’ Books, Fall 2012, n. 32. Chicago: Columbia College Chicago Center for Book & Paper Arts.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. BARAONA, Isabel. «In Portugal: Authors’ Editions, Small Presses, Independent Publishers, and Book Artists». The Journal of Artists’ Books, Fall 2012, n. 32. Chicago: Columbia College Chicago Center for Book & Paper Arts.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «Os Meus Livros», Jornal da Oficina do Cego, 2011, n. 03. Lisboa: Oficina do Cego.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «A Woman’s World: the Artist’s Books of Isabel Baraona». The Journal of Artists’ Books, Fall 2011, n. 30. Chicago: Columbia College Chicago Center for Book & Paper Arts.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «Book Fairs: Paris & Beyond». The Journal of Artists’ Books, Spring 2011, n. 29. Chicago: Columbia College Chicago Center for Book & Paper Arts.
  • CARDOSO, Catarina Figueiredo. «A Nossa Agente em Paris». Jornal da Oficina do Cego, 2010, n. 01. Lisboa: Oficina do Cego.

Outras atividades

  • 17 de Maio a 9 de Setembro de 2016 – Curadoria da exposição «A Saltar do Livro. Uma Exposição de Livros Pop-Up». Com André Garcia Pimenta. Patente de na Biblioteca Nacional de Portugal, Lisboa.

  • 24 de outubro de 2014 a 31 de janeiro de 2015 – Comissária da exposição «9000 Formas da Felicidade. As Edições Pulcinoelefante», Biblioteca Nacional de Portugal, Lisboa (Portugal).
  • Mar 2013 – Organização, em conjunto com o Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura, da Aula Aberta conferida pelo poeta, tipógrafo e editor Alberto Casiraghy: «A Criação Tipográfica de Alberto Casiraghy». Curso de Doutoramento em Materialidades da Literatura, Universidade de Coimbra.
  • Mar 2013 – Organização, conjuntamente com Roberto Cremascoli e a Associazione Socio-Culturale Italiana Del Portogallo, da exposição 8900 Formas da Felicidade, de Alberto Casiraghy. Intervenção na abertura. La Galleria Italiana ASCIP, Porto.
  • Out 2012 – Lançamento do nº 32 do Journal of Artists’ Books, que organizou com Isabel Baraona. Palestra «Livro de artista: vários media num pequeno embrulho», do editor Brad Freeman. Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa.
  • Nov 2013 – Lançamento do Portuguese Small Press Yearbook 2013, organizado conjuntamente com Isabel Baraona. Doutoramento em Materialidades da Literatura, Universidade de Coimbra.
  • Abr / Mai 2014 – Lançamento do nº 31 da Revista Bíblia, «Nos 40 anos do 25 de Abril e nos 18 anos da Bíblia», organizado conjuntamente com Isabel Baraona e Tiago Gomes. Padaria do Povo (Lisboa), Curso de Doutoramento em Materialidades da Literatura (Universidade de Coimbra) e Gato Vadio (Porto).
  • 2012 – presente – Responsável, juntamente com Isabel Baraona, pelo projeto TIPO.PT, que tem como objetivo documentar um abrangente número de livros, revistas e outros objetos gráficos produzidos no contexto da arte contemporânea por artistas, designers e ilustradores portugueses, ou tendo Portugal como tema.

CLAYTON SANTOS GUIMARÃES

Colóquios e Comunicações

  • 2 a 4 Jul 2014 – Membro da Comissão Organizadora do «10º Colóquio Internacional do Centro de Estudos Teatrais da Universidade do Porto: Law and Performance». 
  • 03 a 06 Dez 2013 – Membro da Comissão Organizadora do «Simpósio Verney, Poeta: para a edição crítica da Poesia de Luis António Verney».
  • 03 Dez 2013 – «Estado d’arte: Poética e Tecnologia médica na obra de Verney». Simpósio Verney, Poeta: para a edição crítica da Poesia de Luis António Verney. Universidade do Porto, Porto (Portugal).
  • 28 Nov 2013 – «Camara Óptica: Técnica e Escrita em Portugal no século XIX». Colóquio Cultural Technologies and Media Arts: in Memoriam Friedrich Kittler. Universidade Nova de Lisboa, Lisboa (Portugal).
  • 6 Mar 2013 – «Estilhaços de Riso: Literatura, Cinema e Outros Caminhos». 33º edição do Festival Internacional de Cinema Fantástico do Porto (Fantasporto), Porto (Portugal).
  • 5 e 6 Jun 2013 – Membro da Comissão Organizadora do «Colóquio Internacional Law and Compassion, Drama and Pity: The search for a common ground». Centro de Estudos Teatrais da Universidade do Porto, Porto (Portugal).
  • 13 e 14 Set 2013 – Membro da Comissão Organizadora do «Colóquio Natália Correia: 20 anos depois». Casa dos Açores do Norte/Universidade do Porto, Porto (Portugal).

Publicações

  • GUIMARÃES, Clayton (Org.). Law and Compassion, Drama and Pity: The search for a common ground (no prelo).
  • GUIMARÃES, Clayton. Tradução e apresentação da «Carta a Capitão Butler», de Victor Hugo. Edições Chão da Feira (no prelo).
  • GUIMARÃES, Clayton. «As Máquinas Historiográficas: do conceito de História de Victor Hugo». Cadernos de Leitura, 2012, nº 1. Belo Horizonte/Lisboa: Chão de Feira.
  • ALMEIDA, Ângela. GUIMARÃES, Clayton. MARINHO, Cristina (Orgs. da Edição Crítica). Sucubina ou a Teoria do Chapéu, de Natália Correia. Porto: Casa dos Açores do Norte, 2013.

Responsável pelo Projeto Gráfico dos livros:

  • MARINHO, Cristina et alli (Org.). Teatro e Censura. Coleção Teatro do Mundo. Porto: CETUP, 2013.
  • ALMEIDA, Ângela. GUIMARÃES, Clayton. MARINHO, Cristina (Orgs. da Edição Crítica). Sucubina ou a Teoria do Chapéu, de Natália Correia. Porto: Casa dos Açores do Norte, 2013.
  • TOPA, Francisco et alli (Org.). Regresso ao Exílio: Portugal e Casimiro de Abreu (no prelo).

Outras atividades

ÉLIA RAMALHO

Outras atividades

  • Mai 2014 – Apresentação do livro Os Reinos de Timor Leste, de Dom Ximenes Belo. Feira do Livro, Câmara Municipal de Coimbra. Participação em diversas ações culturais com a comunidade de Timor residente em Coimbra.
  • Mar 2014 – Exposição das ilustrações originais dos livros da coleção Artistas com História. Museu Municipal de Coimbra, Edifício Chiado.
  • 2014 – Publicação do livro infanto-juvenil «Pablo Picasso», terceiro volume da coleção Artistas com História, integrada ao projeto Educação pela Arte. Lançamento do livro com apresentação de Manuel Portela.
  • 2014 – Projeto Galeria Livraria LER, livraria, galeria e ateliê com oficinas de formação que privilegiam a interação entre texto e imagem.
  • Mai 2013 – Exposição «Revisitação», retrospectiva de pintura de Élia Ramalho, de 2001 a 2013. Organização do Teatro dos Castelos e Centro de Artes do Papel. Texto de apresentação por Manuel Portela. Montemor o Velho.
  • 2013 – Publicação dos livros infanto-juvenis «Frida Kahlo» e «Vincent Van Gogh», primeiro e segundo volumes, respectivamente, da coleção Artistas com História, integrada ao projeto Educação pela Arte.
  • 2012 – Criação do «Projeto LER», que agrega livraria e atividades dedicadas a livros infanto-juvenis, a saber leitura de contos, oficinas de escrita e oficinas de ilustração.

DANIELA CÔRTES MADURO

Colóquios e Comunicações

  • 21 de Junho de 2014- «Shapeshifting texts: following the traces of narrative in digital fiction». “Hold the light” – Electronic Literature Organization Conference. University of Wisconsin-Milwaukee (UWM), Milwaukee, Wisconsin (USA).
  • 5 de Novembro de 2013 – «Characters don’t need closure: a aventura impressa e digital». Colóquio Internacional Figuras da Ficção 4. Universidade de Coimbra, Coimbra (Portugal).
  • 28 Nov 2013 – «“Words as occurences” – a (i)materialidade digital». Colóquio Cultural Technologies and Media Arts: in Memoriam Friedrich Kittler. Universidade Nova de Lisboa, Lisboa (Portugal).
  • 12 Mai 2012 – «It’s no Good Unless You Die at the End: Stranger than fiction como rascunho de um mundo possível». 32nd APEAA Annual Conference – Current Debates in English and American Studies. Universidade de Coimbra, Coimbra (Portugal).

Publicações

  • MADURO, Daniela C. 2014. «Entrada sobre a obra ‘Fest‘ de Gabriel Helfenstein». Estados Unidos: ELD (Electronic Literature Directory).
  • MADURO, Daniela C. 2014. «Entrada sobre a obra ‘La disparue‘ de Cécile Iran, Médéric Lulin e Sophie Séguin». Estados Unidos: ELD (Electronic Literature Directory).
  • MADURO, Daniela C. 2014. «Entrada sobre a obra ‘Inside: a journal of dreams‘ de Andy Campbell». Estados Unidos: ELD (Electronic Literature Directory).
  • MADURO, Daniela C. «Jogo dos Paradigmas: o Semblante da Literatura. Recensão do livro Cybertext Poetics: The Critical Landscape of New Media Literary Theory, de Markku Eskelinen». Revista MatLit, 2013, vol. 1, nº 1. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.
  • MADURO, Daniela C. «Na Face das Ondas: Coordenadas sobre Literatura no Ecrã. Recensão do livro Questões de Literatura na Tela, de Miguel Rettenmaier e Tania Rösing (Orgs.)». Revista MatLit, 2013, vol. 1, nº 1. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.
  •  MADURO, Daniela C. «O ser humano e as suas (re)criações: ficção e ironia do destino». Interact – Revista Online de Arte, Cultura e Tecnologia, 2012, nº 19. Lisboa: Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens.
  • MADURO, Daniela C. «Cadáver esquisito, leitor ciborgue e inscrição magnética: três visões do texto electrónico». Revista de Estudos Literários, Literatura no séc. XXI, 2012, vol. 2. Coimbra: Centro de Literatura Portuguesa.
  • MADURO, Daniela C. «It’s no good unless you die at the end: Stranger than Fiction como rascunho de um mundo possível». Op. Cit. II, 2012, nº 1. Coimbra: Associação Portuguesa de Estudos Anglo-Americanos.
  • MADURO, Daniela C. «Recensão sobre a edição brasileira do livro de N. Katherine Hayles Literatura Eletrônica: Novos Horizontes para o Literário (2009)». Revista de Estudos Literários, Literatura no séc. XXI, 2012, vol. 2. Coimbra: Centro de Literatura Portuguesa.

Publicações no site do curso de doutoramento em Materialidades da Literatura:

Outras atividades

  • Desde Janeiro de 2014 – Investigadora associada do CELL (Consortium on Electronic Literature).
  • Desde Jan 2010 – Participação editorial (assistente de produção) na Revista The European English Messenger. Roma/Basileia: The European Society for the Study of English.
  • Desde Jan 2013 – Membro do corpo editorial (editora da Secção de Recensões) da Revista MatLit. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.
  • Desde Jan 2012 – Investigadora em «Nenhum Problema Tem Solução: Um Arquivo Digital do Livro do Desassossego», projecto financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Coimbra: Centro de Literatura Portuguesa (CLP).
  • Desde Ago 2012 – Membro em formação do Centro de Literatura Portuguesa (CLP) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

DIOGO MARQUES

Colóquios e Comunicações

  • MARQUES, D. (2016). “Dígitos que Lêem: Processos de Leitura Háptica na Experienciação de Obras Literárias Digitais”. Comunicação (via skype) inserida em painel “Materialidades da Literatura – Estado da Investigação”, no âmbito de Jornadas ESTADOS DE LA INVESTIGACIÓN II – DESARROLLOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS EN LOS ESTUDIOS PORTUGUESES Y BRASILEÑOS”, organizado pela Universidad de Salamanca.
  • MARQUES, D. (2016). “(Im)movable bodies or (Unmoving Texts? Haptic Reading Processes in Electronic Literature”, Congresso Internacional «Cognitive Futures in the Humanities 2016». University of Helsinki, Helsínquia.
  • MARQUES, D. (2016). “Grasp All, Lose All. Loss of grasp and non-functional digital interfaces in electronic literature”, Primeiro Congresso Internacional «Interface Politics» org. GREDITS (Bau Design College of Barcelona), IMAGIT/BCN (Hangar) and MEDIACCIONS Research Group (Open University of Catalonia). Barcelona.
  • MARQUES, D. (2016). “Sentidos do Tacto: A mão, o toque, o gesto na Poesia Experimental Portuguesa”. Palestra apresentada no âmbito de Curso de Literatura Portuguesa (docente responsável Prof. Vincenzo Russo) da Università Degli Studi di Milano.
  • MARQUES, D. (2016). “Sentidos do Tacto: Intermedialidade e Multisensorialidade na Obra Literária Digital”. Palestra apresentada no âmbito de Seminário de Literatura Portuguesa (docente responsável Prof. Simone Celani) da Università La Sapienza Roma.
  • MARQUES, D. (2016). “Práticas poéticas digitais: a influência das vanguardas de início de século XX na poesia experimental portuguesa”. Palestra no âmbito de aula de Língua e tradução portuguesa e brasileira (responsável docente Prof.ª Mariagrazia Russo) na Università degli Studi Internazionali de Roma.
  • MARQUES, D. (2015). “Through the Touching Glass – Hapticity, Multisensoriality and the Digital Interface”. Leer en red, escribir en red en la era digital: perspectivas sobre transliteraturas. Facultad de Filología, U.C.M., Madrid.
  • MARQUES, D. (2015). “The Endgame for Electronic Literature?”. The End[s] of Electronic Literature: Electronic Literature Organization Conference 2015. University of Bergen, Norway.
  • MARQUES, D. (2015). “INTER[(SURF)ACES]”.Digital Material Conference. NUI, Galway.
  • MARQUES, D., MARTINS, C. (2015). “PONTOS: uma recombinação textual intermedial e transpoética”. Participação em Talks sobre ideias selecionadas durante a Open Call do festival PLUNC 2015. Faculdade de Belas-Artes, Lisboa.
  • MARQUES, D. (2014), “TACTO/CONTACTO: operações poético-hápticas em ACÇÃO FÉNIX 2.0 E INSTALAÇÃO de Silvestre Pestana e Rara Avis de Eduardo Kac”. Acta Media: Simpósio Internacional de Artemídia e Cutura Digital. FLUC-UC.
  • MARQUES, D. (2014), “Uma Sensação de Ausência Presente: a metáfora de membro fantasma no contexto dos media digitais”.PÓS-ECRÃ: Festival Internacional de Arte, Novos Media e Ciberculturas, FBAUL, Lisboa.
  • MARQUES, D. (2013), “Reading 3D Wor(l)ds: Poetic Words for the High Tech Generation”.3rd Global Conference on Experiential Learning in Virtual Worlds, Inter-Disciplinary.net, Lisboa.
  • MARQUES, D. (2012), “Interatividade e Participação nas Práticas Poéticas Digitais”.Colóquio Internacional Poesia e Autorreflexividade- A Poesia “diante doespelho: vendo-se, pensando-se”, Universidade de Évora.
  • MARQUES, D. (2012), “Powered Words – Making Poetry with Words in a World of Images”.6th Global Conference on Visual Literacies, Inter-Disciplinary.net, Mansfield College – Oxford University, UK.
  • MARQUES, D. (2011), “Imediaticidade e Essencialidade no Espaço Público Virtual – a Internet como novo suporte de expressão poética”.Simpósio Internacional “Microcontos e outras microformas”, Universidade do Minho, Braga.
  • MARQUES, D. (2011), “Poesia Visual e Internet – o espaço público virtual como novo suporte de expressão poética”.A Investigação em Literatura na Universidade de Évora – Jornadas da Literatura, IIFA, Universidade de Évora.

Publicações

  • MARQUES, D. (no prelo). «Gestos de Subversão. Estratégias de significação e afecto no Experimentalismo poético». In Riviste Status Quaestionis, n.10, Università La Sapienza, Roma. ISSN: 2239-1983.
  • MARQUES, D., MARTINS, C., NEVES, N. M., SANTA-CRUZ, J. (2016). “PONTOS: uma recombinação textual intermedial e transpoética”. Obra ciberliterária em linha.
  • MARQUES, D. (2016). “Perda de Controlo”. Tradução de obra ciberliterária “Déprise/Loss of Grasp”, da autoria de Serge Bouchardon.
  • MARQUES, D. (2016). “Criar as imagens com a pele: o gesto como processo de leitura háptica na experienciação de obras literárias digitais”. In Ida Alves e Paolo Nené (Eds.). Revista Convergência Lusíada, n. 35. Jan/jun. 2016. Real Gabinete Português de Leitura. ISSN: 2316-6134.
  • MARQUES, D. (2016). “Recensão crítica de ‘Encontros com Ana Hatherly’, de Ida Alves e Rogério Barbosa“. In Revista Colóquio/Letras, n. 192, Fundação Calouste Gulbenkian: Lisboa. Maio 2016, ISBN: 0010-1451. Pp. 256-258.
  • MARQUES, Diogo (2016). “The Endgame or a Wake?: Tropes of Circularity in Literature Then and Now”. In Ivan Callus and Mario Aquilina (Eds.), CounterText, Volume 2 Issue 2, University of Edimburgh Press: UK. Pp. 191-216, ISSN 2056-4406.
  • MARQUES, D. (2016). “Grasp All, Lose All: Loss of Grasp and Non-Functional Digital Interfaces in Electronic Literature”. In Teresa Martínez Figuerola e Jorge Luis Marzo (eds.) Interface Politics1st International Conference 2016. Publicaciones GREDITS: Barcelona. ISBN: 978-84-617-5132-7. Pp. 737-54.
  • MARQUES, D. (2016). “Through the Touching Glass: Literature for Haptic Inter[(surf)aces]”. In Anaïs Guilet e Emmanuelle Pellard (org.) Poétiques et Esthétiques Numériques Tactiles: Littérature et Arts. Laboratoire Nt2’s E-Journal, n.8.
  • MARQUES, D. (2016). “Entre o Demasiado Literal e o Excessivamente Literário: Potencialidades e Limites do Tacto Háptico” [Recensão Crítica a Fulkerson, M., The First Sense. A Philosophical Study of the Human Touch. Cambridge, M.A. & London: The MIT Press, 2014, 236 pp. ISBN 978-0-262-01996-5 / Recensão crítica de Gallace, A. & Spence, C., In Touch with the FUTURE: the sense of touch from cognitive neuroscience to virtual reality. Oxford: Oxford University Press, 2014, 480 pp]. Revista MatLit, vol. 4, n. 1, pp. 197-204.
  • MARQUES, D. (2015). «Tacto/Contacto: Processos de Experienciação Háptica no Corpo Cíbrido». In MATLIT Materialidades da Literatura, vol. 2.2, Paulo Silva Pereira e Pedro Serra (Eds.), Artes, Média e Cultura Digital, Coimbra, pp. 73-97.
  • MARQUES, D. (2015). «PO.EX: Arquivo, Subarquivo, Meta-arquivo» [Recensão crítica de Rui Torres & Sandy Baldwin, EX: Essays from Portugal on Cyberliterature and Intermedia (By Pedro Barbosa, Ana Hatherly and E. M. de Melo e Castro). Morgantown, WV, Center for Literary Computing, 2014, 282 pp. ISBN 978-1-938228-74-2]. Revista MatLit, v. 3, n. 1, pp. 270-273.
  • MARQUES, D. (2014). “Uma Sensação de Ausência Presente. A metáfora de membro fantasma no contexto dos media digitais”. A. Vicente, H. Ferreira (Coord.).Post-Screen: Device, Medium and Concept, Lisboa, CIEBA_FBAUL, pp. 211-221.
  • MARQUES, D. (2014), “Operações poéticas e outras cirurgias estéticas: materialidade e autointertextualidade em Homo Sapiens de Alberto Pimenta”. I. Alves, C. Pedrosa, N. Júdice (Org.):Crítica de Poesia: tendências e questões, Rio de Janeiro: Editora 7 Letras, pp. 121-134.
  • MARQUES, D. (2013), “Reading 3D Wor(l)ds: Poetic Words for the High Tech Generation”. P. Jerry, N. Tavares-Jones, S. Gregory (Eds.) Riding the Hype Cycle: The Resurgence of Virtual Worlds. ISBN: 978-1-84888-234-8.Oxford: Inter-Disciplinary Press.
  • MARQUES, D. (2011), «Imediaticidade e Essencialidade no Espaço Público Virtual – a Internet como novo suporte de expressão poética». In Álvares, C. and Keating, M. E. (org.), Atas do Simpósio Internacional “Microcontos e outras microformas” (Universidade do Minho, 6 e 7 de outubro de 2011), Centro de Estudos Humanísticos.

Outras Atividades

  • Co-curadoria em Exposições de Literatura Experimental: “Tacto/Contacto: do gesto analógico ao toque digital” (em conjunto com Carolina Martins), Livraria-Galeria Leituria, Lisboa, 21 de maio a 15 de junho 2016.
  • Membro da Electronic Literature Organization (ELO).
  • Coparticipação na concepção e representação de várias performances poéticas, desde 2013: “PONTOS/SOTNOP”, 2016, Livraria-Galeria Leituria, Lisboa; “SOMOS TODOS CAMÕES: um esbardalhamento poético à grande e à portuguesa”, 2014, Clube Recreativo dos Anjos, Lisboa; “SOM SOBRE TOM: Cantata em Catadupa para Um Quadro e Dez Mil Maneiras de Olhar”, 2013), no âmbito do evento “Estórias para Musicar Sonhos – Exposição de Pintura de Daniela Reis”, espaço Mimosa da Lapa, Lisboa; “SUBLIMAÇÃO: uma amnistia poética a múltiplos papas”, 2013, Espaço NAVE-Núcleo Artístico para Voos Experimentais, Escola Básica de Carnide, Lisboa.
  • Participação, desde 2013, em diversas Exposições de Poesia Experimental: XIV Premio Poesía Experimental de Badajoz (2015), obra premiada com accésit “ALICIA 3.0”, em conjunto com Bruno Martins, Diputación de Badajoz, Espanha; “{+ POIESIS} – Exposição Internacional de Arte Postal (2015)”, com obra “PROCURA-SE” (2015), org. Tchello d’Barros. Fundação Casa das Artes, Bento Gonçalves (RS), Brasil; Exposição “Manifestações InDisciplinadas: A Arte pensa a Educação” (2015), com videopoema “META[N][P]OVO”, em conjunto com Valter Ramos, Galeria FBAUL, Lisboa; XII Premio Poesía Experimental Badajoz (2013), com obra “EXPLOTANDO LA INFANCIA”, em conjunto com Bruno Martins. Diputación de Badajoz. Espanha.

GIORGIA CASARA

Colóquios e Comunicações

  • 4 Nov 2016 – «A Biblioteca de Almada Negreiros: um estudo preliminar». Colóquio A(s) Biblioteca(s) de Fernando Pessoa, Casa Fernando Pessoa, Lisboa, Portugal.

Publicações

  • CASARA, Giorgia. «António Pedro Lopes de Mendonça e a crítica literária moderna em Portugal». In Lupetti, Monica e Tocco, Valeria (org.): Giochi di specchi. Modelli, tradizioni, contaminazioni e dinamiche interculturali nei e tra i paesi di lingua portoghese. Pisa: Edizioni ETS, 2016, pp. 327-338.

Outras atividades

  • Tradução : André Sant’Anna, Amicizia, Perugia, Ed. Urogallo, 2016.
  • Membro da comissão organizadora das jornadas de estudos «Antero e a cultura crítica do século XIX», Biblioteca Nacional de Portugal, 28-29-30 de Setembro de 2015.

JOHN MOCK

Colóquios e Comunicações

  • Mai 2011 – «Poems on a Disk: bpNichol’s First Screening (1984)». 32nd APEAA Annual Conference – Current Debates in English and American Studies. Universidade de Coimbra, Coimbra (Portugal).

Publicações

  • PORTELA, Manuel. CARDOSO, Catarina Figueiredo. MOCK, John D. DANTAS, Ana Paula. «‘Eye-Mind-Design-Production’: An Interview with Johanna Drucker». Revista MatLit, vol. 1, nº 1, 2013. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.

JÚLIA ZUZA

Colóquios e Comunicações

  • 2015 – «Mia Couto e Luandino Vieira: a ficção de fronteira nas obras para o público infantojuvenil». V Colóquio Internacional de Doutorandos do CES (Centro de Estudos Sociais), Universidade de Coimbra, Portugal.

Publicações

  • ZUZA, Júlia. «Traço-texto: as relações entre imagem e palavra na obras A guerra dos fazedores de chuva com os caçadores das nuvens de Luandino Vieira». Revista Agália, Espanha [no prelo; previsão de publicação para setembro 2015].
  • ZUZA, Júlia. «O fenômeno crossover fiction e as obras editadas para crianças e jovens de Mia Couto e Luandino Vieira: uma discussão sobre o público leitor». Impossibilia – Revista internacional de estudos literários, Espanha, 2014.
  • ZUZA, Júlia. «As águas que margeiam a história e a estória: uma análise sobre o pós-colonial e a infância na obra A chuva pasmada de Mia Couto». Revista Abril, Univ. Federal Fluminense, Brasil.

Outras atividades

  • (Produção poética) Publicação do poema «Diário selvagem da beleza» no Suplemento Literário de Minas Gerais (Brasil).
  • (Produção poética) Vencedora do concurso nacional de poesia com o poema «Pequeno tratado sobre a lucidez« no 49º FEMUP- Festival de Música e Poesia de Paranavaí (Brasil).

LILIANA VASQUES

Colóquios e Comunicações

  • 27 e 28 de outubro de 2016 – «Textual Demoscene as Digital Poetry». II Jornadas Internacionales de Poesía: Archivos, poéticas y recepciones. Org. Poció. Poesia i Educaciógrup de Recerca, Universitat de Barcelona, Espanha.

  • 13 e 14 de outubro de 2016 – «Hacktivismo – a performance pós-humana do ativismo digital». Congresso de Cibercultura: Circum-navegações em redes transculturais de conhecimento, arquivos e pensamento. Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, Braga, Portugal.

Outras atividades

  • 2016 – Participação no Colectivo Candonga projecto projéctil: artefactos na clandestinidade. “re-ah: a leitura de reinvenção ou a releitura da invenção” –  Ciclo Ana Hatherly, Anagrama da Escrita, integrado no Festival do Silêncio 2016.

MANAÍRA AIRES ATHAYDE

Colóquios e Comunicações

  • 18 a 20 Abr 2016 – «“belo belo, bandeira”: entre marginálias e poemas». Colóquio Internacional de Poesia Portuguesa Moderna e Contemporânea; Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte (Brasil).
  • 18 a 20 Nov 2015 – «Crítica genética, crítica textual: Do espólio ao processo de criação»; II SELIT: “Entre a teoria e a crítica: mobilizando diferenças”; Universidade Federal de São Carlos, São Carlos (Brasil).
  • 08 a 13 Nov 2015 – «Ruy Belo, e um olhar sobre Chico Buarque, Oscar Niemeyer e Glauber Rocha»; XXV Congresso Internacional da ABRAPLIP; Universidade Estadual do Amazonas, Manaus (Brasil).
  • 08 Mai 2015 – «Marginálias, notas de leitura, fragmentos: Ruy Belo e a “estética do compromisso”». Jornada Estados de la Investigación; Universidade de Salamanca (Espanha).
  • 16 a 19 Abr 2015 – «Os Poucos Poderes, Ruy Belo e a emigração portuguesa [de ontem e de hoje]»; Colóquio Internacional (E)migrações, transferências: Mestiçagens e dinâmicas da cidade; Etudes Romanes de Universidade Masaryk de Brno; Brno (República Tcheca).
  • 29 Jan 2015 – «Ruy Belo e Manuel Bandeira: as “temperaturas poéticas”»; Jornada de Estudos Brasileiros; Universidade de Coimbra (Portugal).
  • 19 a 21 Jan 2015 – «“onde nasce o sol nascemos também nós”: Itália e França nos percursos de Ruy Belo»; III Colóquio Internacional Interdisciplinar Literatura, Viagens e Turismo Cultural no Brasil, em França e em Portugal; Université Sorbonne-nouvelle, Paris 3 / Universidade Federal Fluminense / Universidade de Lisboa; Lisboa (Portugal).
  • 15 a 17 Abr 2014 – «Literaturas Digitais e os desafios do ensino no século XXI»; Congresso Internacional «Os Desafios das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) na Educação»; Associação dos Professores de Línguas, Capes e Uneal; Maceió (Brasil).
  • 14 Mar 2014 – «Materialidades da Literatura, Materialidades da Comunicação: Convergências»; XIV Semana de Comunicação da Universidade Federal de Alagoas; Maceió (Brasil).
  • 28 Nov 2013 – «Os Veículos dos Reinos dos Mortos e os Conceitos de «Hallucination» e «Electric Shock» em Kittler». Colóquio Cultural Technologies and Media Arts: in Memoriam Friedrich Kittler. Universidade Nova de Lisboa, Lisboa (Portugal).
  • 14 Nov 2013 – «O sertão é do tamanho do mundo – Convite». II Semana da Cultura Brasileira. Universidade de Macau, Macau (China).
  • 09 Nov 2013 – «Da Poesia Brasileira: o rosto do Brasil que o mundo passou a conhecer». Universidade de Pequim de Estudos Estrangeiros; Pequim (China).
  • 05 Nov 2013 – «Outros Caminhos Enigmáticos de Alice: transdução da personagem, plurimedialidade e novas experiências de leitura». Colóquio Figuras da Ficção 4. Universidade de Coimbra, Coimbra (Portugal).
  • 05 Set 2013 – «Imagens Vindas dos Dias: relação entre micronarrativas e poesia em Ruy Belo». Colóquio Mutações do Conto nas Sociedades Contemporâneas; Universidade do Minho, Braga (Portugal).
  • 27 a 31 Mai 2013 – «Efeitos de Sentido e Efeitos de Presença na Poesia de Ruy Belo». Congreso La Lengua Portuguesa. Universidad de Salamanca, Salamanca (Espanha).
  • 12 e 13 Dez 2012 – «No Leito da Morte: autorreflexão na poesia de Ruy Belo». Colóquio Internacional Poesia e Autorreflexividade: “a poesia ao espelho, vendo-se, pensando-se”. Universidade de Évora, Évora (Portugal).
  • 30 Nov e 01 Dez 2012 – «A Poesia Experimental e a Radicalização da Experiência com a Matéria». Colóquio Internacional Raias Poéticas. Biblioteca Camilo Castelo Branco, Vila Nova de Famalicão, Portugal.
  • 03 Nov 2011 – «A Construção do Espaço na Poesia de Ruy Belo». Colóquio Internacional Ruy Belo: Homem de Palavra[s]. Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Portugal.

Publicações

  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Os Poucos Poderes e a emigração portuguesa [de ontem e de hoje]». Études Romanes de Brno, Masaryk University, República Tcheca, n. 37, pp. 79-88, 2016.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Cisco, ou um encontro entre a poesia de Manoel de Barros e a ilustração de Pedro Lucena» (no prelo). Santa Barbara Portuguese Studies, Universidade da Califórnia – Santa Barbara, n. 280, 2016.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Ruy Belo e Manuel Bandeira – Poesia maior ou menor?» (no prelo). In PESSOA, Silvana (org.): Ensaios sobre Poesia Portuguesa Moderna e Contemporânea. Rio de Janeiro: Oficina Raquel, 2016.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «O Facebook e a transformação nas noções de público e de privado no ritual de luto» (no prelo). In NUNES, Sandra; CALLOU, Manuela (orgs.): Público e Privado: Repensando as fronteiras. Maceió: Edufal.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «“Lá longe onde nasce o sol nascemos também nós”: Espanha, Itália e França nos percursos de Ruy Belo» (no prelo). In Literatura, Viagens e Turismo Cultural no Brasil, em França e em Portugal.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Como os portugueses olham para a China: um recorte midiático dos últimos quinze anos» (no prelo). In SILVA, Roberval (org.): A Língua Portuguesa na Ásia sob a perspectiva da Superdiversidade: Ensino, Pesquisa e Difusão. Macau: Universidade de Macau.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «”Um repórter da fotografia”: Interface entre literatura e fotografia em Os Poucos Poderes». Colóquio/Letras, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, n. 189, Mai/2015.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. PEREIRA, Paulo Silva (com a colaboração de Ana Paula Dantas, Ana Marques da Silva e Diogo Marques). «‘A minha busca é consistente nestes mais de trinta anos’: Uma entrevista com Eduardo Kac». Revista MatLit, vol. 3, n. 1, 2015, pp. 177-181.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «A mente modernista e o exercício da revisão» [Recensão crítica a Hannah SULLIVAN, The Work of Revision. Cambridge, Massachusetts, Harvard University Press, 2013, 349 pp.]. Revista MatLit, Universidade de Coimbra, vol. 3, n. 1, 2015, pp. 274-278.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Como a difusão internacional do inglês e do mandarim pode revelar os distintos modelos de expansão dos Estados Unidos e da China». Agália. Revista de Estudos na Cultura, Santiago de Compostela, n. 109, 2015, pp. 119-150.
  • PESSOA, Silvana. ATHAYDE, Manaíra Aires (orgs.). Dossiê Manuel Gusmão. Revista do Centro de Estudos Portugueses da UFMG, Belo Horizonte, vol. 35, n. 53, 2015.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Manuel Gusmão: Inédito e Disperso». Revista do Centro de Estudos Portugueses da UFMG, Belo Horizonte, vol. 35, n. 53, 2015, pp. 131-143.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires (Org.): Literatura Explicativa: Ensaios sobre Ruy Belo. Assírio & Alvim: Lisboa, 2015.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Um deus artista ou quando as artes tomam conta do lugar de deus». In ATHAYDE, Manaíra Aires (Org.): Literatura Explicativa: Ensaios sobre Ruy Belo. Assírio & Alvim: Lisboa, 2015.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Uma nova perspectiva para os jovens leitores: o livro impresso digital». Via Atlântica/USP, São Paulo, n. 26, 2014, pp. 167-183.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Efeitos de sentido e efeitos de presença na poesia de Ruy Belo». In DIOS, Ángel Marcos de (Org.): La Lengua Portuguesa – Estudios sobre Literatura y Cultura de Expresión Portuguesa. Vol. 1. Salamanca: Ediciones Universidad Salamanca, 2014.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Os Veículos dos Reinos dos Mortos e os Conceitos de “Hallucination” e “Electric Shock” em Kittler». Livro de Actas do Colóquio Tecnologias Culturais e Artes dos Media, Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens, Universidade Nova de Lisboa (no prelo).
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Ruy Belo em verso e prosa». Revista Granta, Lisboa, n. 3, Mai/2014.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires.«“Extended Mind”: Crítica genética, narrativa cognitiva e uma nova compreensão da mente modernista» [Recensão crtítica de Dirk Van Hulle, Modern Manuscripts: The Extended Mind and Creative Undoing from Darwin to Beckett and Beyond. London:  Bloomsbury Academic, 2014, 271 pp.]. Revista MatLit, Universidade de Coimbra, vol. 2, n. 1, 2014, pp. 208-215.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Ruy Belo leitor de José Lins do Rego e de Jorge Amado». Revista Estudios Portugueses, Salamanca, n. 12, 2014.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Do you speak English? Ou… 你會說普通話嗎?»: Como a difusão internacional do inglês e do mandarim pode revelar os distintos modelos de expansão dos Estados Unidos e da China». Agália – Revista de Estudos na Cultura, vol. 109, Primavera 2014. Santiago de Compostela: Associação Galega da Língua.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «O Preço do Fardo». In MOTA, Carlos Jorge: Farda ou Fardo? – Aquém e Além-Mar em África. Porto: Edição de Autor, 2014.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «As influências de Manuel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade e João Cabral de Melo Neto na poesia de Ruy Belo». Revista do Centro de Estudos Portugueses da Faculdade de Letras da UFMG – Dossiê Ruy Belo, vol. 34, n. 51, Jan-Jun 2014. Belo Horizonte: Centro de Estudos Portugueses da UFMG.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Óscar Niemeyer e o seu novo nome, 40 anos depois». Revista do Centro de Estudos Portugueses da Faculdade de Letras da UFMG – Dossiê Ruy Belo, vol. 34, n. 51, Jan-Jun 2014. Belo Horizonte: Centro de Estudos Portugueses da UFMG.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «A margem, na margem, à margem – Manuel Gusmão e a sua antologia da poesia de Ruy Belo». Revista do Centro de Estudos Portugueses da Faculdade de Letras da UFMG – Dossiê Ruy Belo, vol. 34, n. 51, Jan-Jun 2014. Belo Horizonte: Centro de Estudos Portugueses da UFMG.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Para uma Produção da Presença, as Palavras e as Coisas na Poesia de Ruy Belo». Revista Colóquio/Letras, n. 185, Jan/2014.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Outros Países das Maravilhas para Alice: novas perspectivas para a Literatura Comparada apresentadas a partir do estudo de caso de Alice no País das Maravilhas». Revista Abralic, n. 23, Dez 2013. Campina Grande: Associação Brasileira de Literatura Comparada.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «O elástico da lira ou outros lirismos em Fernando Aguiar e em Manuel Portela». Revista MatLit, vol. 1, n. 2, Dez 2013. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Ver a poesia, ler o cinema». Revista MatLit, vol. 1, nº 2, Dez 2013. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «PO.EX em EXPO (ou POesia EXperimental em EXPOsição): Ernesto Melo e Castro, António Barros e Silvestre Pestana na Casa da Escrita». Revista MatLit, vol. 1, n. 1, Jun 2013. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.
  • ATHAYDE, Manaíra Aires. «Os sulcos da morte na poesia de Ruy Belo». Revista Estudios Portugueses, Universidade de Salamanca, n. 11, 2013.

Publicações no site do curso de doutoramento em Materialidades da Literatura:

Outras atividades

  • 18 a 20 Abr 2016 – (Membro da Comissão Organizadora) Colóquio Internacional de Poesia Portuguesa Moderna e Contemporânea; Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte (Brasil).
  • 14 e 15 Mai 2015 – (Membro da Comissão Organizadora) Colóquio Internacional Estudos Literários Digitais; Universidade de Coimbra (Portugal).
  • 18 e 19 Nov 2014 – (Membro da Comissão Organizadora, participação com comunicação) XI Simpósio ActaMedia; Universidade de São Paulo e Universidade de Coimbra; Coimbra (Portugal).
  • Responsável pela Pesquisa e Produção em Espanha do documentário Ruy Belo, era uma vez, de Fernando Centeio e Nuno Costa Santos. Zulfilmes Produtora, RTP e Fundação Calouste Gulbenkian; 55 min; Portugal/Espanha/França; 2014.
  • Desde Jan 2013 – Membro do corpo editorial (editora da Secção de Recensões) da Revista MatLit, Universidade de Coimbra.
  • Desde Dez 2012 – Colaboradora da Revista Estudios Portugueses, Universidad de Salamanca.
  • 17 a 19 Jun 2014 – Participação no MiniCurso de Verão «Grande Reportagem Multimédia»; Ministrado por Raquel Longhi, Curso de Ciências da Comunicação, Universidade do Porto, Porto (Portugal).
  • Mai 2003 – Realização do Minicurso «Pensar as Materialidades da Literatura: que admirável mundo (de chips) novo é este?». 9º Encontro Lusófono de Literatura da Trofa, Trofa (Portugal).
  • Desde Mar 2012 – Editora da coleção infanto-juvenil para o Brasil da Editora 7 dias 6 noites. Vila Nova de Gaia (Portugal) e Rio de Janeiro (Brasil).
  • Assessoria artística nas exposições em Itália: 07 a 28 Nov 2013 – «Emotions of the World», Rosso Tiziano Gallery, Piacenza. 19 a 29 Out 2013 – «Nella lente dell’Onorico», Galleria d’Arte Collezione, Roma. 29 Jun a 10 Jul 2013 – «Dialogando con la Biennale di Venezia», Centro d’Arte San Vidal, Veneza. 16 a 22 Mar 2013 – «Linee Artistiche a Confronto», Galleria La Pigna / UCAI; Roma. 08 a 12 Nov 2012 – «Arte Padova 2012», Pádua.
  • 17 a 31 Mai 2013 – Curadora da exposição «Cross», de Helena de Medeiros (Portugal). Casa-Museu Bissaya Barreto, Coimbra (Portugal).
  • 05 a 26 de Jan 2013 – Curadora da exposição «Exposição Outro Retrato», de Helena de Medeiros (Portugal). Casa-Museu Abel Salazar, Porto (Portugal).
  • 05 Nov a 04 Dez 2011 – Curadora da «Exposição Ciscos», de Pedro Lucena (Brasil). Espaço Anémona, Porto (Portugal).
  • 16 Set a 28 Out 2011 – Curadora da «Exposição Marta Emília», de Marta Emília Souza e Silva (Brasil). Espaço Anémona, Porto (Portugal).

MATHEUS DE BRITO

Colóquios e Comunicações

  • 23 Set 2016 – «Da obra ao texto à alteridade bibliográfica» XV ABRALIC. Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Literatura Comparada.
  • 14 Out 2015 – «Indústria da hermenêutica? De Adorno às Materialidades da Comunicação». 12º Congresso Internacional de Estética – O Trágico, o Sublime e a Melancolia. Belo Horizonte: Associação Brasileira de Estética. (Inédito)
  • 01 Jul 2014 – «Semiótica ou Estética – Considerações sobre a epistemologia e a metodologia das Letras». 62º Seminário do GEL. Campinas: Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo. (Mesa-redonda)
  • 09 Out 2013 – «A Caminho da Tecnocultura: Imagens da Técnica e da Natureza em Walter Benjamin». XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia. Salvador: Sociedade Interamericana de Filosofia. (Inédito)
  • 19 Set 2013 – «Materialidades da Literatura». I Encontro Nacional de Estética, Literatura e Filosofia. Fortaleza: Grupo de Estudos em Estética, Literatura e Filosofia / Departamento de Literatura da Universidade Federal do Ceará.

Publicações

  • BROWN, Nicholas. «A obra de arte na era da sua subsunção real ao capital». In Marxismo: Cultura e Educação. Trad. Matheus de Brito. Org. Fabio Akcelrud Durão et al. São Paulo: Nankin Editorial, 2015. (Tradução/Artigo).
  • DE BRITO, Matheus de; DURÃO, Fabio Akcelrud. «O Modelo Semiótico nos Estudos Literários». Desenredo, 2014, v.1, nº 10. Passo Fundo: Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo.
  • DE BRITO, Matheus; SILVESTRE, Osvaldo Manuel. «Cinema e Literatura em Linha». Revista MatLit, 2013, vol. 2, nº 1. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.
  • DE BRITO, Matheus. «A caminho da tecnocultura: imagens da técnica e da natureza em Walter Benjamin». In XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia, 2013, Salvador – BA. Salvador: Quarteto Editora, 2013. (Resumo ampliado)
  • DE BRITO, Matheus. «Materialidades da Literatura». In Anais Eletrônicos do I Encontro Nacional de Estética, Literatura e Filosofia – I ENELF. Fortaleza, CE: Centro de Humanidades/Departamento de Letras, 2013.
  • DE BRITO, Matheus. «Stimmungen or -In the Mood for Differentiality-». Revista MatLit, 2014, vol. 2, nº 1. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura. (Recensão Crítica)
  • DE BRITO, Matheus. «Mediações Dilaceradas: Linguagem e Experiência no Pensamento de Theodor Adorno». Revista MatLit, 2012, vol. 1, nº 1. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.
  • DE BRITO, Matheus. «A Poética Sociológica de Medviédev e Sua Atualidade». Revista MatLit, 2012, vol. 1, nº 1. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura. (Recensão Crítica)

Outras atividades

  • 2016 – Seleção e início da tradução de ensaios de Jerome McGann.
  • 29 Jun a 01 Jul – Monitor no XXXI Encontro da ANPOLL (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística), Grupo de Trabalho Teoria do Texto Poético. Campinas: Anpoll.
  • Fev-Jun 2016 – PED C na Universidade Estadual de Campinas. Estagiário docente da disciplina “Tópicos Especiais em Sociologia XII” (HZ156), e “Textos em Teoria, Crítica e História Literária II” e “Tópicos em Pesquisa XLIII: Crítica Literária III” (TL119/TL252), ministrada em conjunto pelo Prof. Dr. Fabio Akcelrud Durão (Instituto de Estudos da Linguagem) e Prof. Dr. Sílvio Camargo (Instituto de Filosofia e Ciências Humanas). Campinas: Unicamp.
  • 2016. Parecer ad hoc RevLet: Revista Virtual de Letras
  • 2016. Parecer ad hoc Idéias – Revista do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UNICAMP.
  • 2016. Parecer ad hoc. Revista de Letras (UNESP. Impresso)
  • 2015 – Exame de Qualificação da Tese pelo Programa de Pós-Graduação em Teoria e História Literária. Banca composta pelo Prof. Dr. Alcir Pécora, Prof. Dr. Eduardo Sterzi, Prof. Dr. Fabio Durão (Coorientador). Campinas: IEL/Unicamp.
  • 2014 – Início do regime de cotutela com a Universidade Estadual de Campinas, sob orientação do Prof. Dr. Fabio Durão, no Programa de Pós-Graduação em Teoria e História Literária. Campinas: Instituto de Estudos da Linguagem/Unicamp.

NUNO NEVES

Colóquios e Comunicações

  • 27 de Novembro, 2015 – «Do fio que canta às vozes etéreas: Electricidade, Tecnologia e Voz». Colóquio Vox Media: O Som na Literatura, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
  • 29 de Outubro, 2015 – «The Universe is Green: Portuguese Poetry and the Beat». European Beat Studies Network 4th Annual Meeting, Université Libre de Bruxelles.
  • 24 de Abril, 2015 – «Sounding Bodies at 44.1 kHz: Standing at the Intersection Between Sound, Poetry and the Internet». Conferência Internacional Estação NET-“Rádio, Som e Internet”, Universidade do Minho, Braga.
  • 17 de Abril, 2015 – «Literacia White Hat: O hacker na intersecção entre Media, Literacia e Cidadania». 3º Congresso Literacia, Media e Cidadania, Grupo Informal sobre Literacia Mediática, Pavilhão dos Descobrimentos, Lisboa.
  • 20 de Março, 2015 – «A Nova Geração de 70: Contributo para uma história da literatura marginal em Portugal». V Colóquio Internacional de Doutorandos do CES: Poderes Emergentes, Continuidades e Transformações, FEUC, Coimbra.
  • 11 de Dezembro, 2014 – «Projecto R». Multidisciplinaridade e Interação, Encontro da linha Estudos de Museus/Museum Studies IHA-FCSH-UNL, Lisboa.

Publicações

  • NEVES, Nuno Miguel (Ed.). Poesia há. Solta!, A Equi, 2013.
  • NEVES, Nuno Miguel. Baralho de Cartas Pedagógico Bocageano. Centro de Estudos Bocageanos, 2005.

Outras atividades

  • 2016 – presente – Membro da Irish Sound Science and Technology Association.
  • Janeiro a Março de 2016 – Residência Artística no Salão Brazil, Coimbra.
    2016 – Webdesign, Implementação e Administração do site http://www.voxmedia.uc.pt/, espaço online do projecto dedicaco ao Som na Literatura.
  • 2015 – Leitura de Lábio/Abril, Livraria-café do Teatro da Cerca de São Bernardo, Coimbra, 16 de Maio.
  • 2015 – Criação do Projecto R – Arquivo Digital de Repúblicas (www.projectorepublicas.pt).
  • 2015 – Performance Caldeirada de Pêxe Maluque, Mercearia de Artes Alves & Silvestre. Coimbra, 21 de Março.
  • 05/2015 – Webdesign, Implementação e Administração do site http://languageandtheinterface.uc.pt/, espaço online da exposição de Literatura Electrónica realizada durante a Conferência Internacional em Estudos Literários Digitais.
  • 14 e 15 de Maio de 2015 – (Membro da Comissão Organizadora). Conferência Internacional em Estudos Literários Digitais. Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura e Grupo de Investigação “Mediação Digital e Materialidades da Literatura”, do Centro de Literatura Portuguesa, Coimbra.
  • Desde 09/2014 – (Membro Editorial) Revista MatLit. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura, Universidade de Coimbra.
  • 2014 – Performance Somos todos Camões: Um Esbardalhamento Poético à Grande e À Portuguesa, Clube Recreativo dos Anjos, Lisboa, 9 de Junho.
  • 2014 – Voz e Composição Sonora, Neurónios, InterDitos (grupo de teatro da FPCEUC), FPCEUC, 19 e 20 de Março.
  • 2014 – Performance no Pré-evento no Mal Dito – Festival de Poesia de Coimbra, Ateneu de Coimbra, Coimbra, 8 de Março.
  • 2013 – Anti-performance Anti-Slam, Aqui Base Tango, Coimbra, 14 de Dezembro.
  • 2013 – Performance Poetry Slam Portugal, Musicbox, Lisboa, 6 de Julho.
  • 2013 – Performance na Inauguração da Exposição Mulheres que Partem: Narrativas Migrantes e Violência(s) do Olhar, de Sandra Guerreiro Dias (textos) e Dominika Gorecka (ilustrações). CES, Coimbra, 30 de Maio.
  • 2013 – Performance, Instalação de Fotografia e Pintura Cândido ou o Optimismo, antiga vacaria da Escola Superior Agrária de Coimbra, 25 de Maio.
  • 2013- Performance Se Não For Sexual Esta Não É a Minha Revolução, nas Comemorações do 25 de Abril em parceria com a Associação Não Te Prives e colectivo Transporte Colectivo, Ateneu de Coimbra, 3 de Maio.
  • 2013 – Performance Musculopoetica, Rexistências: Semana das Repúblicas, Real República Prá- Kys-Tão, Coimbra, 25 de Abril.
  • 2013 – Performance no Mal Dito – Festival de Poesia de Coimbra, PopFresh, Coimbra, 23 de Março.
  • 2012 – Performance Poetry Slam, Pop Fresh, Coimbra, 14 de Abril.
  • 2012 – Performance em colaboração com a Associação Não Te Prives, Bar Quebra-Costas, Coimbra, 21 de Fevereiro.
  • 2011 – Performance Poesia é aquilo que se perde na tradução, Real República Baco, Coimbra, 10 de Novembro.

Outros

  • É membro da European Beat Studies Network.

PRISCILA MONTEIRO

Colóquios e Comunicações

  • 2016 – «Da ‘folhinha’ ao livro: camadas subjetivas de interpretação textual». II Seminário de Formação Continuada: Ciclos de Aprendizagem, Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Brasil.
  • 2015 – «Autopublicação como experiência literária: o século XX brasileiro e O livro inconsútil de João Cabral de Melo Neto». Ciclo de Estudios Brasileños, Universidad de Salamanca, Espanha.
  • 2015 – «João Cabral de Melo Neto: tipógrafo e impressor». 3º Seminário Internacional Trabalho e Educação (SITE): Saberes em trabalho, Universidade de Coimbra, Portugal.
    2015 – «The poetic work beyond the text: João Cabral de Melo Neto’s handmade experiences in literature». In Concert: Literature and the Other Arts, South Atlantic Modern Languages Association Conference, Durham, North Carolina, EUA.
Publicações
  • MONTEIRO, Priscila. «História do Kotkuhi». In: História do Kotkuhi. Belo Horizonte : Laboratório de Edição – FALE/UFMG, 2012.
  • MONTEIRO, Priscila. Trocando histórias. Belo Horizonte : FALE/UFMG – Laboratório de Edição, 2011.
  • MONTEIRO, Priscila. «Leituras desobrigatórias 2010: Possíveis textos para prováveis leitores». Revista Bem Legal, v.1, 2011, pp. 24-29.
  • MONTEIRO, Priscila. «Do ofício à paixão: a vida tipográfica de seu Zé do Monte». In: Livro dos Tipógrafos. Vol 1. Belo Horizonte : Centro Cultural UFMG, 2011, pp. 107-119.
  • MONTEIRO, Priscila. «’Gota d’água’: Prefácio e polêmica contra Tropicalismo». Contingentia (UFRGS), v.1, 2010, pp. 457-465.
  • MONTEIRO, Priscila. «Chanson de Toile: a influência do ritmo nas cantigas de trabalho medievais». Aedos: Revista do Corpo Discente do Programa de Pós-Graduação em História da UFRGS (Online), v.2, 2009, pp. 437-443.
  • MONTEIRO, Priscila. «A corrosiva poesia de Guilhermino Cesar». Revista Chicos, CataLetras, 2008, pp. 06-08.
Outras atividades
  • 2015 – Summer School: Patrimonio y Humanidades Digitales. (Carga horária: 20h). Universidad de Salamanca, USAL, Salamanca, Espanha.
  • 2015 – Summer School: OJS: Oficina de Introdução – Summer School, Materialidades da Literatura 3. Universidade de Coimbra. (Carga horária: 20h).
  • 2014 – Summer School: Design Editorial. (Carga horária: 30h).
    Escola Superior de Propaganda e Marketing, ESPM, Porto Alegre.
  • 2013 – Produção Editorial. (Carga horária: 45h). Universidade do Livro (Unesp – Universidade Estadual de São Paulo).
  • 2013 – A confecção do livro: Produção Gráfica Editorial (Carga horária: 39h).
    Universidade do Livro (Unesp – Universidade Estadual de São Paulo).

SAMUEL TEIXEIRA

Colóquios e Comunicações

  • 12 Mai 2012 – «The Structure of the Visual Book ». 32nd APEAA Annual Conference – Current Debates in English and American Studies. Universidade de Coimbra, Coimbra (Portugal).
  • 2-4 Jan 2014 –«The Remediation of Artists’ Books» . P3 – Print, Produce, Publish.  The College Book Art Association Conference and Annual Conference. University of Utah, Salt Lake City.

Publicações

  • TEIXEIRA, Samuel (2011). Livro de Artista como Metalivro. Aveiro: Universidade de Aveiro [Dissertação de Mestrado em Estudos Editoriais].
  • TEIXEIRA, Samuel. «The Art of Demediation: Conceptual Materialities of the Book(-)work». Revista MatLit, 2013, vol. 1, nº 1. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.
  • TEIXEIRA, Samuel . «Artists’ Books as Virtual Machine: A Speculative Approach».  Catarina Figueiredo Cardoso (Org.), Portuguese Small Press 2013. Lisboa: Portuguese Small Press Yearbook.
  • TEIXEIRA, Samuel. «Cover to Cover: A report on the Biennial Conference of the College Book Art Association 2014». The Journal of Artists’ Book, Spring 2014, no 35.  Chicago: Columbia College Chicago Center for Book & Paper Arts.

Outras atividades

  • Desde Jan 2012 – Investigador em «Nenhum Problema Tem Solução: Um Arquivo Digital do Livro do Desassossego», projecto financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Coimbra: Centro de Literatura Portuguesa (CLP).
  • Desde Ago 2012 – Membro em formação do Centro de Literatura Portuguesa (CLP) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
  • Desde Jan 2013 – Membro da College Book Art Association.
  • Desde Jan 2013 – Membro do corpo editorial (revisor) da Revista MatLit. Coimbra: Estudos Avançados em Materialidades da Literatura.

SANDRA BETTENCOURT 

Colóquios e Comunicações

  • 2016 – Colóquio Narrativa, Média e Cognição 2016, na Faculdade
    de Letras da Universidade do Porto (30 junho e 1 julho), com a comunicação
    “The Book of Portraiture: o livro arqueológico digital”.
  • 2016 – Participação no Colóquio Estados de la investigación II. Desarrollos teóricometodológicos en los estudios portugueses y brasileños, na Universidade de
    Salamanca (18 e 19 de julho), com a comunicação “Processos de retroação
    digital no romance contemporâneo”.
  • 2016 – Participação no Colóquio CONGRESSO DE CIBERCULTURA. Circumnavegações
    em redes transculturais de conhecimento, arquivos e pensamento, na Universidade do Minho (13 e 14 de outubro), com a comunicação “Romances em “trans-ação”. Uma cibertextualidade pósdigital”.
  • 2015 – (Membro da Comissão Organizadora) International Conference Digital Literary Studies. Universidade de Coimbra, Portugal.
  • 2015 – “Is it just a little bit late for the future of electronic literature?” ELO 2015. The
    End(s) of Electronic Literature. University of Bergen. 5-7 de agosto.
  • 2015 – “Visual Edition’s Composition No.1: The Feedback Between the Screen and the
    Book.” Reading wide, writing wide in the Digital Age: Perspectives on
    Transliteratures. Complutense University of Madrid. 22 -23 de outubro.
  • 2014 – “Entre Saturno e a Terra. Mediação, suporte e conteúdo em The People of Paper.” Congresso Internacional Mensageiros das Estrelas: Sobre Ficção Científica e
    Fantasia, CEAUL – Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa (org.),
    19-21 novembro.
  • 2014 – “Ele Canta o Corpo Elétrico. Câmara Neuronal como performance pós-humanista e pósdigital.” ACTAMEDIA XI – Simpósio Internacional de Artemídia e Cultura Digital. FLUC. 18-19 de novembro.
  • 2015 – “Digital and Material Feedbacks in Steve Tomasula’s Printed Novels.” Digital Material. Galway, Irlanda.
  • 2015 – “Iluminuras Digitais Impressas: os Imagotextos de Steve Tomasula.” Materialidades da Literatura e Livros de Artista. Coimbra, Portugal.
  • 2014, “Representing crisis and (in) security – the case of Rui Zink’s A Instalação do Medo.” Latencies: Europe 1914-2014. IV Lisbon Summer School for the Study of Culture. The Lisbon Consortium, Project Culture@Work, PhDNet in Literary and Cultural Studies (orgs). Lisboa, 30 Junho-5 Julho.
  • 2014, “Materialities of the ‘new’.Processes of destruction and construction in the work of Einstürzende Neubaut-en.” International Conference Keep It Simple Make It Fast! Underground Music Scenes and DIY Cultures. Instituto de Sociologia da Universidade do Porto (org.). Porto, 9-11 Julho.
  • 2014, “O arquivo de Babel: Os espaços infinitos do Livro em Fernando Pessoa e Jorge Luis Borges”. Pessoa e Borges em Lisboa. Casa Fernando Pessoa, Lisboa. 24 de Março.
    2013, Project CILM – “City and (In)security in Literature and the Media” (with Susana Araújo). 34th APEAA “Meeting Academy as Community: English and American Studies in Portugal and Europe”, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 9-10 Maio.
  • 2013, Moderadora do painel “Terror and Home(land)”. Colóquio Internacional “Images of Terror, Narratives of (In)security: Literary, Artistic and Cultural Responses”. Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 24 Abril;
  • 2012, “Narrativas do 11 de Março e/ou 11 de Setembro: Madrid trans e extra-literária.”VII Congresso Internacional APLC, Pensar o Comparatismo: Percursos, Impasses e Perspetivas. Universidade de Aveiro, 5-7 Dezembro.
  • 2012, “Cinema and Media in a “Time of Terror”: Land of the Plenty and Babel”. Time Networks: Screen Media and Memory – NECS 2012 Conference, 21-23 Junho.
  • 2012, “Espaços cibernéticos: «El Aleph», Los Angeles, Anarquitetura e Realidade Aumentada”. Colóquio Ficção e Cibercultura, Centro de Estudos de Comunicação e Linguagem, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/Universidade Nova de Lisboa, 1-2 de Março 2012.
  • 2011, “Dead Man: Discursos Reescritos”.  II Congresso Internacional CSO’2011 – Criadores Sobre outras Obras. Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa, 15-17 de Abril 2011.

Publicações

  • BETTENCOURT, Sandra.«Publicação em Acesso Aberto ou Não, Eis a Questão» [Recensão a EVE, Martin Paul. Open Access and the Humanities: Contexts, Controversies and the Future. Cambridge University Press]. Revista MatLit, vol. 4, n. 2, 2016, pp. 312-315.
  • BETTENCOURT, Sandra. «Tornar Público: As Redes e os Contextos de uma
    Teoria da Publicação» [Recensão a BHASKAR, Michael. The Content Machine: Towards a Theory of Publishing from the Printing Press to the Digital Network. London, New York and Delhi]. Revista MatLit, vol. 4, n. 1, 2016, pp. 212-215.
  • BETTENCOURT, Sandra. «”The novel as multimedia, networked book”: An
    Interview with Steve Tomasula». Revista MatLit,  vol. 4, n. 1, 2016, pp. 155-166.
  • BETTENCOURT, Sandra. «Reimaginações Literárias distribuídas entre o papel e
    o ecrã: o caso de Composition No.1». Revista Boitatá, n. 21, 2016, pp. 82-99.
  • BETTENCOURT, Sandra. «O Arquivo de Babel. Os Espaços Infinitos do Livro em
    Fernando Pessoa e Jorge Luis Borges». Variaciones Borges, n. 40, 2015, pp. 65-83.
  • BETTENCOURT, Sandra. «Materialities of the New: Processes of Destruction and Construction in the Work of Einstürzende Neubauten». In GUERRA, Paula; MOREIRA, Tânia (eds.): Keep it Simple, Make it Fast! An approach to underground music scenes. Porto: Universidade do Porto, Faculdade de Letras, 2015.
  • BETTENCOURT, Sandra. «O Literário Será Sempre Moderno? O Novo Nostálgico da Literatura Eletrónica» [Recensão de Jessica Pressman, Digital Modernism: Making it New in New Media, Oxford, Oxford University Press]. Revista Matlit, vol.  2., n. 2, 2015.
  • BETTENCOURT, Sandra. «Retroações Digitais no Livro Impresso. O caso de VAS: An Opera in Flatland (2002), de Steve Tomasula». artciencia.com, n. 19, ano IX, Jul/DEz 2015.
  • BETTENCOURT, Sandra. «Ele Canta o Corpo Elétrico. Câmara Neuronal como performance pós-humanista e pós-digital». Revista MatLit, vol. 2., n. 2. 2015;
  • BETTENCOURT, Sandra; PORTELA, Manuel. “World Wide Book: A Digitalização e o Livro.” Revista MatLit, v. 2, n. 1, p. 167-177, 2014.
  • BETTENCOURT, Sandra. «Representação da crise e (in)segurança na literatura portuguesa contemporânea – o caso de A Instalação do Medo, Rui Zink». Revista Estrema – Centro de Estudos Comparatistas, n. 2, 2014, pp. 1-17.
  • BETTENCOURT, Sandra. «SUPERFÍCIES EM DESCONSTRUÇÃO: UMA ARQUEOLOGIA CRÍTICA DAS INTERFACES DA LITERATURA» [Recensão de Lori EMERSON, Reading Writing Interfaces: Fromthe Digital to the Bookbound, Minneapolis, University of Minnesota Press]. Revista MatLit, v. 2, n. 1,  2014, pp. 199-202.
  • BETTENCOURT, Sandra; ARAÚJO, Susana; PINTO, Marta (eds.): Fear and Fantasy in a Global World. Rodopi [em preparação].
  • BETTENCOURT, Sandra; Susana Araújo e Marta Pinto, eds. (In)seguranças no Espaço Urbano: Perspetivas Literárias e Culturais. V.N. Famalicão: Húmus, 2012.
  • BETTENCOURT, Sandra. “Entre Luz e Sombra – Intermitências Ibéricas”. Cine Qua Non – Bilingual Arts Magazine [no prelo].
  • BETTENCOURT, Sandra. “Medos Públicos e Ansiedades Privadas: Políticas domésticas nas ficções do “9/11” e do “11 M””, com Susana Araújo. Francesa Negro (org.). ACT – 26. Público e Privado na Época Contemporânea, O Deslizar de Uma Fronteira: Espaços, Sociedades, Artes e Mudanças [no prelo].
  • BETTENCOURT, Sandra. “Representação da crise e (in)segurança na literatura portuguesa contemporânea – o caso de A Instalação do Medo, Rui Zink”. Revista estrema [no prelo].
  • BETTENCOURT, Sandra. «El Mapa de la Vida e El Corrector: Aproximações e distanciamentos das representações literárias madrilenas a Nova Iorque». Babilónia -Revista Lusófona de Línguas, Culturas e Tradução, 2012, 116-133.
  • BETTENCOURT, Sandra. «Espaços Cibernéticos: “El Aleph”, Los Angeles, Anarquitetura e Realidade Aumentada». Jorge Martins Rosa (org.). Cibercultura e Ficção. Lisboa: Documenta, 2012, pp. 259-270.
  • BETTENCOURT, Sandra. «As metrópoles de Lebbeus Woods: espaços livres e anarquitectura». Revista Via Latina – Fórum de Confrontação de Ideias, nº 8, série VI (Março) – “Reinventar a Cidade”. Coimbra: Secção Jornalismo A.A.C., 2011, pp. 44-45.
  • BETTENCOURT, Sandra; MARTINS, Ana Carolina. «Dead Man: Discursos Reescritos». In QUEIROZ, João Paulo (ed.): Quando os criadores apresentam obras de outros criadores: Actas do II Congresso Internacional Criadores Sobre Outras Obras – CSO’2011. Lisboa: Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa, 2011, 41-45.
  • BETTENCOURT, Sandra. Labirintos Hipertextuais: Possibilidades cartográficas da espacialidade em Jorge Luis Borges. Dissertação de Mestrado, Estudos Literários e Culturais, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 2010.

Outras atividades

  • 2015 – (Curso leccionado) Bettencourt, Sandra; Portela, Manuel. Terceira Summer School em Materialidades da Literatura – OJS: Oficina de Introdução.
  • 2015 – (Curso de curta duração leccionado) Bettencourt, Sandra. Módulo “Reprodutibilidade e multimediação: retroações entre tecnologia e arte”. “Arte e Multimédia”.
  • 2014 – atualmente – (Editora) MATLIT: Revista do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura.
  • 2011 – 2013 | Bolseira de Investigação Projecto CILM – Cidade e (In)segurança na Literatura e nos Média, Centro de Estudos Comparatistas – Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.
  • 2013 – Membro Não Integrado do  Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.
  • 2013 – Membro da Associação de Investigadores da Imagem em Movimento.

Organização de eventos

  • 22–24 Abril 2013 | FLUL – Colóquio Internacional “Images of Terror, Narratives of (In)security: Literary, Artistic and Cultural Responses” .
  • 5 Nov. 2012 | FLUL – Krisis/Poiesis – Poesia e Crise: Leituras, Debate e Lançamento de Livro.
  • 22 Abril 2013 – Seminário e workshop CILM II | 12 Set 2011; CILM III |5 Nov. 2012; CILM IV.
  • 23 Jan 2012 – Evento WakeUp Nimas| Espaço Nimas (exibição de cinema com música ao vivo + showcases).
  • 2012 – Ciclo Vamos ao Nimas! | 2012 | Espaço Nimas (ciclo de cinema clássico).
  • 2012 – Ciclo Nimas Convida | 2012 | Espaço Nimas (ciclo de cinema com presença de realizadores).
  • 2012 – Ciclo de cinema em colaboração com APORDOC, Queer LX, NCreatures, MotelX, Inst. Italiano da Cultura | 2012 | Espaço Nimas.

TIAGO SCHWÄBL

Outras atividades

  • 29 Set 2013 – «Winterskizzen de Elma Riza». Performance (Flauta Transversal) na Improvisação musical com Benedikt Bindewald (vla) e Ulf Mengersen (cbx). Berlim: Café Untertitel (Neukölln).
  • 26 Set 2013 – «Musik und Sprache – Cello im Zentrum». Criação e Performance. Les graînes invisibles, com Carolina Schwäbl-Martins. Stille, videopoema sobre texto de Gerhard Rühm. Wuppertal: Hochschule für Musik Wuppertall (Escola Superior de Música).
  • Fev 2013 – «PLASTIKFLUT (2)». Participação como Performer com o KollektivTransit. Festival 100º. Berlim: Hau.
  • 15 Out 2012 – «Dive for Dreams». Concerto de Música Contemporânea. Composição e Performance (Flauta Transversal). Berlim: Humboldt Bibliothek in Tegel.
  • 29 Set 2010 – Performance «os sons it(n)rantes». Teatro da Cerca de São Bernardo, Coimbra (Portugal).
%d bloggers like this: