Skip to content

(E)migrations, Transfers, Exiles: Crossbreedings and Dynamics of the City

21/04/2015

Texto: Caio Di Palma e Manaíra Aires Athayde. Fotos: Manaíra Aires Athayde

Realizou-se na Universidade de Masaryk, na cidade de Brno, República Checa, o Colóquio Internacional (E)migrations, Transfers, Exiles: Crossbreedings and Dynamics of the City. Organizado pela Faculdade de Artes e pelo Instituto de Línguas e Literaturas Românicas, em parceria com o Instituto Camões e a République Française, o evento ocorreu entre os dias 16 e 19 de abril. Contou com a participação de estudiosos, professores e investigadores de diversas áreas de estudos, provenientes de quinze países.

Congresso Brno 1

A conferência de abertura foi realizada pelo professor Peter Klaus, da Freie Universität (Berlim). A apresentação incidiu sobre o conceito de «transculturalidade» , observado a partir dos fluxos migratórios de Montréal, no Canadá.

Numa proposta de discussão interdisciplinar sobre os fenômenos (e)migratórios nas dinâmicas civilizacionais do mundo moderno, foram temas recorrentes a problemática das fronteiras e das zonas híbridas nas identidades culturais contemporâneas; os movimentos étnico-sociais; as paisagens artísticas e literárias sobre as relações interculturais; o diálogo dinâmico entre a construção das cidades e a emergência de estéticas híbridas; movimentos caóticos, marginais e dialógicos nas cidades e nas artes contemporâneas; a revisitação crítica das relações históricas luso-africanas e luso-brasileiras em escritores contemporâneos.

Destaca-se esta última linha de investigação como uma das mais expressivas. Num Colóquio em que foram aceites comunicações em francês, italiano, português e espanhol, é de se notar que em grande parte das sessões paralelas, pelo menos uma delas era dedicada a autores de língua portuguesa ou a questões envolvendo esse idioma. Observa-se que grande parte dos trabalhos não pertenceu a falantes maternos do português, distinguindo-se investigadores da República Tcheca, Hungria, Bulgária e Itália – um dado importante para se perceber a adesão desses núcleos de investigação em língua portuguesa à temática do Colóquio.

«Mistérios de África» foi a única temática do evento que ocorreu em três sessões. Orlanda Amarílis, Inácio Rebelo de Andrade e Ondjaki figuraram entre os autores trabalhados. Discutiu-se sobre as políticas linguísticas em Cabo Verde, Angola, Moçambique, Portugal e Brasil. Da literatura brasileira, comunicações debruçaram-se sobre obras de Milton Hatoum, Ignácio de Loyola Brandão e Sérgio Sampaio, e do dramaturgo Nelson Rodrigues. Da literatura portuguesa, Ruy Belo e Miguel Torga foram os poetas evocados, e o dramaturgo Jorge Silva Melo. António Lobo Antunes teve uma sessão dedicada à sua obra, a única exclusiva a um escritor em todo o Colóquio, com interessantes intervenções envolvendo palestrantes de Portugal, Hungria e República Tcheca.

Congresso Brno 2

Fachada de um dos edifícios principais da Universidade de Masaryk, no centro de Brno.

Dentre os palestrantes – advindos de áreas como antropologia, artes, filosofia, literatura, sociologia e políticas econômicas internacionais –, o Colóquio contou com a participação de dois investigadores do Programa de Doutoramento em Estudos Avançados de Materialidades da Literatura, da Universidade de Coimbra. Manaíra Aires Athayde, com a comunicação «Os Poucos Poderes e a emigração portuguesa [de ontem e de hoje]», trabalhou com a interface entre literatura e fotografia, e Caio Di Palma com a interface entre literatura e música, na comunicação intitulada «Silêncio e Pantonalidade enquanto materialidade estética em John Cage». Esses dois trabalhos exemplificam a promoção interdisciplinar entre “artes e sociologia”, “artes e filosofia”, “estudos interartes” que (E)migrations, Transfers, Exiles promoveu, num importante momento científico em que pudemos ficar ainda mais conscientes dos fluxos migratórios, quer dentro da nossa língua, quer nos outros espaços linguísticos contemplados pelo evento. Ou, ainda, que pudemos observar como temos sido observados em outras esferas que não partem da comunidade de língua portuguesa, aproximando-nos também de outras dinâmicas de espaço que nos pareciam mais distantes.

Materialidades da Literatura: Summer School 3

16/04/2015

50_MatLit_Cartaz_SummerSchool3_13-16Jul2015

A Terceira Summer School em Materialidades da Literatura tem por título «OJS: Oficina de Introdução» e consiste numa iniciação ao Open Journal Systems, um software de gestão e publicação de revistas científicas arbitradas. Este curso visa dar a conhecer as funcionalidades programadas no software de gestão e publicação de revistas científicas OJS (Open Journal Systems), desenvolvido no âmbito do Public Knowledge Project. A formação é dirigida especialmente (a) a quem planeia desenvolver projetos de publicação académica em regime de acesso aberto, (b) a quem está interessado em conhecer os processos de gestão, produção, publicação e indexação de revistas científicas, e (c) a quem quer aprender a usar uma tecnologia que combina o controlo da qualidade científica com o princípio do acesso aberto. O curso não pressupõe qualquer conhecimento prévio desta plataforma de gestão. A oficina tem a duração de 20 horas, sendo composta por dois módulos teóricos (5h00), seguidos por seis módulos (15h00) de exercícios com a plataforma. O curso é lecionado por Manuel Portela e Sandra Bettencourt. Os formadores integram a equipa editorial da revista MATLIT (http://iduc.uc.pt/matlit/), publicada no sistema OJS. No final do curso é emitido um certificado de frequência.

As inscrições realizam-se até 26 de junho de 2015, através de uma mensagem de correio eletrónico para Sandra Bettencourt, sandra.bettencourt.pinto@gmail.com (indicar no campo do assunto: “Inscrição OJS”). O curso tem o custo de 60€ (geral) ou 40€ (estudantes). O pagamento é feito em numerário, por transferência bancária para o NIB: 001000001573769010639 ou por cheque à ordem da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra até 26 de junho de 2015. O cheque deve ser remetido para o Gabinete de Gestão e Contabilidade, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 3004-530, Coimbra. Para emissão do recibo deve ser indicado nome, morada e n.º de contribuinte do participante ou da entidade que paga a participação. Número máximo de inscrições: 20. Número mínimo de inscrições: 8. Na eventualidade de este Curso não se realizar, será devolvido o montante pago pela inscrição. Todos os inscritos serão notificados até 3 de julho de 2015.

Estudos Literários Digitais: Programa Final

16/04/2015

BannerColoquio_2-novoazul
O programa final do colóquio internacional «Estudos Literários Digitais», organizado pelo Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura, acaba de ser publicado. Este colóquio decorrerá a 14 e 15 de maio de 2015, e é o primeiro colóquio especificamente sobre esta temática que se realiza em Portugal.

‘Estudos Literários Digitais’ é um colóquio internacional que se propõe debater métodos, ferramentas, objetos e práticas digitais no campo dos estudos literários. A digitalização dos artefactos e práticas literárias, a adoção de métodos computacionais para agregação, edição e análise textual, assim como o desenvolvimento de formas colaborativas de investigação e ensino através de redes e plataformas de comunicação constituem três dimensões da relocalização da literatura e dos estudos literários no meio digital. O objetivo deste colóquio é contribuir para o mapeamento das práticas materiais e processos interpretativos dos estudos literários numa ecologia medial em transformação.

Programme Schedule
Keynote Abstracts
Paper Abstracts

Fazem parte do programa 46 comunicações organizadas em 18 sessões, com os temas “escrita”, “análise”, “modelação”, “filologia” e “ensino”. Inclui 5 conferências plenárias, que serão proferidas por Matthew G. Kirschenbaum (University of Maryland), Susan Schreibman (National University of Ireland, Maynooth), Paulo Franchetti (Unicamp – Universidade Estadual de Campinas), Florian Cramer (Creating 010, Rotterdam University of Applied Sciences) e Johanna Drucker (University of California, LA). Ao todo estarão representados 14 países e 42 instituições. Além da componente académica, a programação integra ainda a exposição de literatura eletrónica «Language and the Interface», com uma seleção de obras de 25 artistas digitais, com a curadoria de Daniela Côrtes Maduro, Ana Marques da Silva e Diogo Marques.

Trata-se de uma das realizações mais significativas do Programa e contribuirá para o reconhecimento internacional do trabalho que estamos a desenvolver desde 2010. As inscrições estarão abertas até 8 de maio.

Cibertextualidades, Volume 6 (2014) e Volume 7 (2015)

20/03/2015

cibertextualidades6_capa

Acabam de ser publicados o Volume 6 (2014) e o Volume 7 (2015) da revista Cibertextualidades. O volume 6, organizado por  Jorge Luiz Antonio e Débora Silva, tem como tema ‘Interacção de Linguagens e Convergência dos Média nas Poéticas Contemporâneas’. Além de uma breve introdução dos organizadores (pp. 9-13), inclui nove artigos de investigação divididos em três secções: ‘Do contexto ao texto em hipermédia’ (pp. 17-46); ‘Das poéticas possíveis: e-poesia em perspectiva’ (pp. 49-90); e ‘Novos campos tecno-lógicos para criações tecno-artístico-poéticas’ (pp. 93-118).

cibertextualidades7_capa

O Volume 7, organizado por Rui Torres, intitula-se ‘Estudos sobre António Aragão’. Além de uma breve introdução do organizador (pp. 9-10), inclui nove artigos dedicados à obra poética e ficcional de Aragão, incluindo uma ‘bio-bibliografia ilustrada’ (pp. 11-32), e cinco depoimentos (E. M. de Melo e Castro, Fátima Pitta Dionísio, António Barros, António Nelos e Fernando Aguiar) que nos dão testemunho sobre a obra e a pessoa do autor. Destaquem-se neste volume dois artigos assinados por doutorandos do Programa em Materialidades da Literatura: ‘Um buraco na boca: centralidade e descentramento’, de Bruno Ministro (pp. 85-94), e ‘«“ler” o poema é simplesmente dobrar e desdobrar» [“to read” the poem is simply to fold and unfold]. Artist’s books by António Aragão’, de Catarina Figueiredo Cardoso (pp. 109-126). Ambos os volumes são distribuídos eletronicamente em formato PDF e estão livremente disponíveis nestes endereços: Cibertextualidades 6 (2014) e Cibertextualidades 7 (2015).

Materialidades da Literatura 2015-2016: candidaturas abertas

15/03/2015
Capa da publicação de apresentação do Programa «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura». © Joana Monteiro e Paul Hardman, 2014.

Capa da publicação «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura». © Joana Monteiro e Paul Hardman, 2014.

DML Guia do Programa | DML Programme Handbook

O programa de doutoramento «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura» (Programa de Doutoramento FCT) abre candidaturas para a edição com início em 2015-2016 (10 vagas). As candidaturas decorrem em três fases, de acordo com os prazos seguintes:
1ª fase: 6 de março a 30 de abril de 2015 (5 vagas)
2ª fase: 4 de maio a 15 de julho de 2015 (5 vagas + sobrantes da 1ª fase)
3ª fase: 24 de agosto a 5 de setembro de 2015 (sobrantes da 2ª fase)

O programa de doutoramento «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura» (Programa de Doutoramento FCT) atribuirá 5 bolsas de doutoramento para a edição com início em 2015-2016. O edital referente a este concurso será publicado no próximo dia 4 de maio de 2015 no sítio web do Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra e o concurso para as bolsas de doutoramento estará aberto entre 1 e 15 de julho de 2015.

Perguntas Frequentes

  • A) Quais os critérios de seriação na candidatura ao Programa?
    Os critérios estabelecidos para a seriação das candidaturas ao Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura, e que são os critérios a aplicar nas três fases, são os seguintes:
    a) Classificação obtida nos níveis de titulação com que se apresenta (licenciatura e mestrado) [ponderação: 40%];
    b) Habilitações específicas relevantes para o âmbito científico do Curso [ponderação: 20%];
    c) Currículo científico [ponderação: 20%];
    d) Currículo profissional [ponderação: 20%].

É ainda um pré-requisito o domínio da língua inglesa num nível equivalente ao nível B2 do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas.

  • B) Qual a documentação a apresentar na candidatura ao Programa?
    A documentação necessária é definida pelo edital de candidatura ao Programa publicado na página seguinte (no separador ‘Avisos de Abertura’ clicar em ‘Curso de 3º ciclo’): https://apps.uc.pt/courses/PT/course/2341. As instruções para o processo de candidatura em linha podem ser consultadas aqui: http://www.uc.pt/candidatos/online
  • C) Quais os critérios de seriação na candidatura à Bolsas FCT do Programa?
    O Programa atribui 5 bolsas de doutoramento em 2015-2016. A candidatura às bolsas de doutoramento decorrerá de 1 a 15 de julho de 2015 (o edital será publicado a 4 de maio de 2015, na página do CLP: http://www.uc.pt/fluc/clp/inv/bols). A seriação dos candidatos às bolsas obedece aos seguintes critérios:
    1) Mérito científico do projeto preliminar de doutoramento do candidato [ponderação 40%];
    2) Classificação obtida na candidatura ao Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura [ponderação 30%];
    3) Entrevista [ponderação 30%].
  • D) Qual a documentação a apresentar na candidatura às Bolsas do Programa?
    A documentação necessária é definida pelo edital de candidatura às Bolsas de Doutoramento do Programa a publicar quer na página da UC, quer na página do CLP: http://www.uc.pt/fluc/clp/inv/bols
  • E) Basta a candidatura ao Programa para ser candidato às Bolsas do Programa?
    Não. Além da candidatura ao Programa (na 1ª fase ou na 2ª fase) é necessária uma candidatura específica às Bolsas do Programa. A candidatura às Bolsas do Programa é regulada por um edital próprio.
  • F) Qual é o valor da propina anual do Programa?
    A propina anual do Programa é atualmente de 1417,00 €, pagos em 4 prestações.

Mais informações nas seguintes entradas:

1. O que é o Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura?

2. Plano de Estudos do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura (Cf. Despacho Nº 2666_2011,  Diário da República_2ª série_Nº26_de 7 de Fevereiro de 2011, pp. 6913-6914)

3. Docentes e Professores Convidados do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura (2010-2015)

4. Estudantes do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura (2010-2015)

5. Requisitos de Acesso ao Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura

6. Procedimentos de candidatura para o ano letivo 2015-2016.

7. Reconhecimento do Programa para efeitos de progressão na Carreira Docente

8. Vídeos com depoimentos de atuais Doutorandos e registos de seminários de Professores Convidados (2011-2014)

9. MATLIT: Revista do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura (2013-2015)

10. Projeto LdoD: Arquivo Digital Colaborativo do Livro do Desassossego (2012-2015): projeto de investigação do Centro de Literatura Portuguesa financiado pela FCT, desenvolvido no âmbito do Grupo de Investigação «Mediação Digital e Materialidades da Literatura»

11. Estudos Literários Digitais (14-15 de maio de 2015) | Digital Literary Studies (May 14-15, 2015): colóquio internacional organizado pelo Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura

Esclarecimentos adicionais: Prof. Manuel Portela, mportela@fl.uc.pt

Materialidades da Literatura e Livros de Artista (simpósio)

02/03/2015

MatLit_Cartaz_ML_LA_10Mar2015

Cartaz © Tiago Santos, 2015.

No próximo dia 10 de março, terça-feira, realiza-se na Sala do ILLP (FLUC, 7º piso), entre as 14h00 e as 18h00, o simpósio «Materialidades da Literatura e Livros de Artista», uma organização do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura da Universidade de Coimbra (Programa de Doutoramento FCT) em colaboração com o Centro de Pesquisas William Blake da Universidade Federal de Santa Maria. Partindo da noção e da forma do livro impresso iluminado na obra de William Blake, o simpósio propõe uma reflexão sobre o livro digital iluminado, procurando demonstrar a relevância do livro de artista para a investigação da dimensão material dos processos literários.

Programa

14h00

Manuel Portela: Abertura e Apresentação do Simpósio

14h30-16h00

Painel 1: William Blake e os Livros Iluminados

[Centro de Pesquisas William Blake, Universidade Federal de Santa Maria]

Enéias Farias Tavares: «O “Centro de Pesquisas William Blake” e o “Acervo Michael Phillips” na UFSM: Estudando e Traduzindo os Livros Iluminados no Brasil»

Daniela Schwarcke do Canto: «O Casal Gilchrist e a composição de “Life of William Blake: Pictor Ignotus”»

Ana Paula Cabrera: «As Finalizações em Aquarela e a Interpretação dos Livros Iluminados de William Blake»

16h30-18h00

Painel 2: Livros Iluminados Digitais

[Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura, Universidade de Coimbra]

Samuel Teixeira: «“The app of this volume”: as metamorfoses de A Humument»

Catarina Figueiredo Cardoso: «Os Livros das Cores: as iluminuras analógico-digitais de Isabel Baraona»

Sandra Bettencourt: «Iluminuras Digitais Impressas: os Imagotextos de Steve Tomasula»

Projetos de tese 2015

19/01/2015

policromatico_v1

A quarta edição do Programa de Doutoramento FCT «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura» teve início no ano letivo 2013-2014. Tal como previsto pelo plano de estudos (https://matlit.wordpress.com/programa/), no final do terceiro semestre realiza-se uma prova de qualificação, que consiste na defesa pública do projeto de tese de doutoramento. As provas de qualificação da quarta edição do curso têm lugar no dia 23 de janeiro de 2015, de acordo com o horário indicado a seguir:

Projeto: Ana Marques da Silva (PD/BD/52247/2013) «Tempo, Texto e Sentido: Para uma Poética dos Processos Gerativos Automáticos»
Hora: 10h00, Sala Ferreira Lima (6º piso, FLUC)
Júri
António Sousa Ribeiro (pres.)
Manuel Portela (orient.)
Rui Torres (arguente)

Projeto: Diogo Marques (PD/BD/52249/2013), «Dígitos que Lêem: Processos de Leitura Háptica na Experienciação de Obras Literárias Digitais»
Hora: 11h30, Sala Ferreira Lima (6º piso, FLUC)
Júri
Osvaldo Manuel Silvestre (pres.)
Paulo Pereira (orient.)
Manuel Portela (orient.)
Rui Torres (arguente)

Projeto: Caio Di Palma (PD/BD/52248/2013), «A Materialidade Poética em Três Movimentos Onto-silenciais: Por uma Transversalidade Estética entre Cage, Tàpies, Valente»
Hora: 14h30, Sala Ferreira Lima (6º piso, FLUC)
Júri
Paulo Pereira (pres.)
Osvaldo Manuel Silvestre (orient.)
Diogo Ferrer (arguente)

Projeto: Nuno Miguel Neves (PD/BD/52250/2013), «Vox Ex Machina: Poesia Sonora no Século XXI»
Hora: 16h00, Sala Ferreira Lima (6º piso, FLUC)
Júri
Manuel Portela (pres.)
Osvaldo Manuel Silvestre (orient.)
Pedro Serra (arguente)

Projeto: Sandra Bettencourt (PD/BD/52251/2013), «Processos de Retroação Digital na Página Impressa: Intensificação e Transformação da Experiência do Livro»
Hora: 17h30, Sala Ferreira Lima (6º piso, FLUC)
Júri
Paulo Pereira (pres.)
Manuel Portela (orient.)
Osvaldo Manuel Silvestre (orient.)
Clara Rowland (arguente)

As provas relativas aos cinco projetos de tese da terceira edição do Programa realizaram-se a 24 de janeiro de 2014.

As provas relativas aos três projetos de tese da segunda edição do Programa realizaram-se a 1 de fevereiro de 2013.

As provas relativas aos quatro projetos de tese da primeira edição do Programa realizaram-se a 27 de janeiro de 2012.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 88 outros seguidores