Skip to content

Ana Hatherly (1929-2015): Anagrama da Escrita

01/07/2016

AnagramadaEscrita_2016

O Festival Silêncio 2016, que decorre de 30 de junho a 3 de julho no Cais do Sodré, em Lisboa, dedica um ciclo de programação a Ana Hatherly (1929-2015), intitulado Anagrama da Escrita, que inclui exposições, performances, cinema e conversas.

Este ciclo de programação pretende celebrar e dar a conhecer a obra de Ana Hatherly nas suas várias vertentes. Fá-lo a partir de uma noção multiforme de escrita, que interroga a nossa relação com os signos. Entendendo a criação como acto lúdico de descoberta e de experimentação, a sua obra interpela-nos através da inscrição de inúmeros gestos, actos, signos e formas da escrita. A programação deste ciclo pretende ser uma justa testemunha dessa interpelação.

CFP: International Conference on Digital Media and Textuality

19/06/2016

DigitalMediaandTextuality(screencapture)

CFP: International Conference on Digital Media and Textuality
3rd to 5th November 2016, Universität Bremen, Germany
Conference chair: Dr. Daniela Côrtes Maduro
Deadline for Submissions: 5 July 2016
Website: https://digmediatextuality.wordpress.com/

The use of computers as tools of literary and artistic creation has produced further paradigms within literary, language and media studies, but it has also promoted the resurfacing of a series of age-old debates. Digital media and digital technologies have extended the range of multimodal reading experiences, but they have also led us to readdress deep-rooted notions of text or medium. The dynamic network of media, art forms and genres seems to have been once again reconfigured.  However, practices and debates that have preceded the emergence of the computer medium have not been discarded. In fact, they have been incorporated into experiences with the medium and have contributed to shaping digital artifacts. The “International Conference on Digital Media and Textuality” aims to examine this process. This conference seeks to move beyond the “old and new” dispute and to help us identify intersections, exchanges, challenges, dead-ends and possibilities. In order to achieve this goal, the panels of this conference are designed to cover multiple topics and fields of research, from media archaeology to teaching in a digital age. During the conference, participants will also have the opportunity to visit the Exhibition “Shapeshifting Texts” and attend an evening of performances. For further information, please contact the conference chair, Dr. Daniela Côrtes Maduro, at cortesm@uni-bremen.de or follow:

– the conference’s website at: https://digmediatextuality.wordpress.com/;

– the Facebook page at: https://www.facebook.com/digmediatext/;

– the Twitter page: https://twitter.com/ICDMT2016.

 

SUBMISSION INFORMATION

Proposals of 500 words min. and 1000 max. may be uploaded to the online reviewing platform EasyChair at: https://easychair.org/conferences/?conf=icdmt2016. The deadline for submission is 5 July 2016. Submissions will undergo a double-blind peer review process.

We welcome individual contributions (one per author) in English, no more than 20 minutes, which can be included, even if broadly, in one of the following panels:

Panel I – ‘Nothing comes of nothing’ – This panel will be comprised of presentations that link electronic literature with literary, communicative or artistic practices which have preceded and influenced digital forms and genres.

Panel II – Introspective Texts – For this panel, we will accept presentations that focus on the way texts can be self-reflexive and mirror the process of their own creation or reading.

Panel III – Where is narrative? – This panel will be dedicated to ways in which digital media can be used to tell a story or to structure a narrative.

Panel IV – Trans-multi-inter-meta: the medium – This panel will focus on the role of the medium in the production, transmission and understanding of text, as well as on the conditions of media interaction, convergence, and divergence.

Panel V – Teaching the digital – This panel is focused on digital literacy and the teaching of electronic literature.

Panel VI – Tracking and visualizing texts – This panel is dedicated to the collection, archive and preservation of literature. It also aims to address ways of analyzing and categorizing large amounts of data.

«Bird-Watching»

09/06/2016


Reportagem de Ana Zayara e Rui Santos (UC notícias) sobre a exposição de Alaina Enslen e Joshua Enslen.

Conferência por Veronica Stigger

06/06/2016
Cartaz de Tiago Santos.

Cartaz de Tiago Santos.

No próximo dia 28 de junho de 2016, Veronica Stigger, professora da  Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), fará a conferência “O útero do mundo: Clarice Lispector, a arte, a histeria”. Esta sessão, que é uma organização conjunta do Programa de Doutoramento FCT em Materialidades da Literatura e do Instituto de Estudos Brasileiros da FLUC, tem início às 11h00 na Sala do Instituto de Estudos Brasileiros (5º piso, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra).

Resumo

Em textos como Água viva, Clarice Lispector retomou o elogio surrealista do impulso histérico na forma de um pensamento simultâneo da forma artística e do corpo humano como lugares de êxtase, isto é, de saída de si – e de saída, também, das ideias convencionais de arte e de humanidade. Nesta conferência, escrita paralelamente à preparação de uma exposição para o Museu de Arte Moderna de São Paulo, três conceitos extraídos da escritora-filósofa – grito ancestral, montagem humana e vida primária – servirão de balizas num percurso por uma série de obras visuais dos séculos XX e XXI.

Veronica Stigger é professora de História da Arte na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e coordena o curso de Criação Literária da Academia Internacional de Cinema. Como ficcionista, é autora dos livros O trágico e outras comédias (2003), Gran Cabaret Demenzial (2007), Os anões (2010), Massamorda (2011), Delírio de Damasco (2012), Minha novela (2013), Opisanie swiata (2013), Sul (2013, edição argentina; edição brasileira atualmente no prelo) e Nenhum nome é verdade (2016). Foi curadora das exposições Maria Martins: metamorfoses (MAM-SP, São Paulo, 2013) e, com Eduardo Sterzi, Variações do corpo selvagem: Eduardo Viveiros de Castro, fotógrafo (SESC Ipiranga, São Paulo, 2015).

MATLIT, v. 5 (2017): Call for Papers & Call for Sounds

06/06/2016

MatLit_Header_800

MATLIT, 2017, vol. 5
VOX MEDIA: O Som na Literatura | Sound in Literature | El Sonido en la Literatura
Editores: Osvaldo Manuel Silvestre (Universidade de Coimbra)
Felipe Cussen (Universidade de Santiago do Chile)
Call for Papers (MATLIT vol.5) [full text in PDF format]

[Português]

O volume 5 de MATLIT explora aquilo a que chamamos a literatura enquanto VOX MEDIA: a voz enquanto meio da literatura e as perturbações que o meio sofre pelo efeito combinado da performance e das tecnologias de mediação, representação e reprodução, sem esquecer a tensão entre corpo e tecnologia, entre a audibilidade/inaudibilidade do texto, entre o som e o sentido, entre a presença física ou a ausência do autor, etc. A intenção é, não apenas, a de produzir o catálogo e compêndio dos efeitos contemporâneos da VOX MEDIA sobre a noção de literatura, mas a de produzir uma arqueologia da VOX MEDIA e de todos os fenómenos recalcados pela sua invisibilidade histórica.

Os artigos devem ser apresentados até 31 de outubro de 2016. Para apresentação de artigos, os autores têm de registar-se no sistema da revista: http://iduc.uc.pt/index.php/matlit/login Consultar instruções para autores: http://iduc.uc.pt/index.php/matlit/about/submissions

[English]

MATLIT’s volume 5 is intent on exploring what we call literature as VOX MEDIA: voice as a means for literature and the disturbances suffered by the medium from the combined effect of performance and the technologies for mediation, representation and reproduction. And also other instances, like the tensions between the body and technology, audibility v. inaudibility of text, sound and meaning, physical presence and/or absence of the authors, and so forth. The goal is not only that of generating a catalogue or a compendium of the contemporary effects of VOX MEDIA on the notion of literature, but that of generating an archaeology for VOX MEDIA and for all related phenomena repressed by their historical invisibility.

Submissions must be uploaded before October 31, 2016. Prior to submission, authors have to register in the journal system: http://iduc.uc.pt/index.php/matlit/login Please see author guidelines: http://iduc.uc.pt/index.php/matlit/about/submissions

[Español]

El volumen 5 de MATLIT explora aquello a lo que llamamos la literatura en cuanto VOX MEDIA: la voz en cuanto medio de la literatura y las perturbaciones que el medio sufre por el efecto combinado de la performance y de las tecnologías de mediación, representación y reproducción, sin olvidar la tensión entre cuerpo y tecnología, entre la audibilidad/inaudibilidad del texto, entre el sonido y el sentido, entre la presencia física o ausencia del autor, etc… La intención es, no solo la de producir el catálogo y compendio de los efectos contemporáneos de la VOX MEDIA sobre la noción de literatura, sino también la de producir una arqueología de la VOX MEDIA y de todos los fenómenos recalcados por su invisibilidad histórica.

Los artículos deben ser cargados antes del 31 de octubre de 2016. Los autores tienen que registrarse en el sistema de la revista: http://iduc.uc.pt/index.php/matlit/login Por favor, véanse las directrices de autor: http://iduc.uc.pt/index.php/matlit/about/submissions

 

MatLit_Header_800

MATLIT, 2017, vol. 5
VOX MEDIA: O Som na Literatura | Sound in Literature | El Sonido en la Literatura
Editores: Nuno Miguel Neves e Tiago Schwäbl
(Programa de Doutoramento FCT em Materialidades da Literatura)
Call for Sounds (MATLIT vol.5) [full text in PDF format]

[Português]

Admitindo a relevância de um estudo das diferentes formas de inscrição material para uma versão mais completa, simultaneamente moderna e arcaica, de literatura, que não se esgote na ideia de texto como sendo apenas «letras impressas em papel», a revista MATLIT irá aceitar composições que se enquadrem, quer estética, quer conceptualmente, no âmbito da poesia sonora, composição texto-som, sound art, e práticas congéneres, para o Volume 5, a ser publicado em 2017, dedicado ao tema Vox Media. As obras deverão ser inéditas, ter uma duração máxima de 10 minutos e ser enviadas num dos seguintes formatos: .mp3, .m4a, ou .wav, para o seguinte email: voxmedia.uc@gmail.com

O email deverá ainda incluir as seguintes informações:
1. Informação pessoal: Nome e bio entre 100 e 150 palavras.
2. Detalhes da obra: Título, duração da obra, descrição de no máximo 200 palavras com o conceito.
3. Instalação: Como deve a obra ser escutada (v.g. headphones ou colunas)

Prazo
Os ficheiros áudio deverão ser enviados até 31 de dezembro de 2016. Os autores das obras selecionadas para publicação no volume 5 da revista MATLIT serão notificados até 28 de fevereiro de 2017. A publicação do volume 5 está prevista para junho de 2017.

[English]

Given the relevance of a study of the different forms of material inscription to a more complete version, simultaneously modern and archaic, of literature that is not limited to the idea of text as merely “letters printed on paper”, volume 5 of MATLIT, to be printed in 2017 under the general theme of Vox Media, opens a call for compositions that fit either aesthetic or conceptually within sound poetry, text-sound composition, sound art, or similar practices. The sound-works submitted should not have been published before and they should have a maximum duration of 10 minutes. They should be sent to voxmedia.uc@gmail.com in one of the following formats: .mp3, .m4a, or .wav.

The email should also include the following information:
1. Personal Info: Name and bio (between 100 and 150 words).
2. Details of the work: Title, length, concept description (up to a maximum of 200 words).
3. Installation: How should the work be listened to (ex: headset or speakers).

Deadline
Audio files must be submitted by December 31, 2016. The authors of the works selected for publication in volume 5 of MATLIT will be notified by February 28, 2017. The publication of volume 5 is scheduled for June 2017.

[Español]

Considerando la relevancia de un estudio de las diferentes formas de descripción material para una versión más completa, a la vez moderna y arcaica, de la literatura, que no se agota en la idea del texto definido sencillamente como “letras impresas en el papel”, la revista MATLIT aceptará composiciones que se encajen ya sea estética o conceptualmente dentro del ámbito de la poesía sonora, texto-audio composición, el arte del sonido y las prácticas congéneres para el volumen 5, que se publicará en 2017, bajo el lema de Vox Media. El trabajo debe ser inédito, tener una duración máxima de 10 minutos y debe ser enviado para  voxmedia.uc@gmail.com en uno de los siguientes formatos: .mp3, .m4a, .wav.

El correo electrónico también debe incluir la siguiente información:
1. Datos personales: Nombre y biografia (entre 100 y 150 palabras).
2. Información sobre la obra: Título, duración del trabajo, descripción del concepto (en un máximo de 150 palabras).
3. Instalación: ¿Cómo se debe oír este trabajo (por ejemplo, auriculares o altavoces)?

Plazos
Los archivos de audio deben presentarse antes del 31 de diciembre de 2016. Se notificará a los autores de los trabajos seleccionados para publicación en el volumen 5 de la revista MATLIT hasta el 28 de febrero de 2017. La publicación del volumen 5 está prevista para junio de 2017.

Materialidades da Literatura 2016-2017: candidaturas às bolsas

01/06/2016
Capa da publicação de apresentação do Programa «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura». © Joana Monteiro e Paul Hardman, 2014.

Capa da publicação de apresentação do Programa «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura». © Joana Monteiro e Paul Hardman, 2014.

DML Guia do Programa | DML Programme Handbook

Edital Bolsas de Doutoramento 2016-2017 (concurso aberto de 1 a 15 de julho de 2016)

Announcement Doctoral Studentships 2016-2017 (application open: July 1-15, 2016)

O programa de doutoramento «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura» (Programa de Doutoramento FCT) abre candidaturas para a edição com início em 2016-2017 (10 vagas). As candidaturas decorrem de acordo com os prazos seguintes:
2ª fase: 1 de junho a 15 de julho de 2016 (10 vagas)
3ª fase: 24 de agosto a 5 de setembro de 2016 (sobrantes da 2ª fase)

O programa de doutoramento «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura» (Programa de Doutoramento FCT) atribuirá 5 bolsas de doutoramento para a edição com início em 2016-2017. O edital referente a este concurso é publicado a 1 de junho de 2016 no sítio web do Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra e o concurso para as bolsas de doutoramento estará aberto entre 1 e 15 de julho de 2016.

Perguntas Frequentes

  • A) Quais os critérios de seriação na candidatura ao Programa?
    Os critérios estabelecidos para a seriação das candidaturas ao Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura, a aplicar em todas as fases de candidatura, são os seguintes:
    a) Classificação obtida nos níveis de titulação com que se apresenta (licenciatura e mestrado) [ponderação: 40%];
    b) Habilitações específicas relevantes para o âmbito científico do Curso [ponderação: 20%];
    c) Currículo científico [ponderação: 20%];
    d) Currículo profissional [ponderação: 20%].

É ainda um pré-requisito o domínio da língua inglesa num nível equivalente ao nível B2 do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas.

  • B) Qual a documentação a apresentar na candidatura ao Programa?
    A documentação necessária é definida pelo edital de candidatura ao Programa publicado na página seguinte (no separador ‘Avisos de Abertura’ clicar em ‘Curso de 3º ciclo’):  https://apps.uc.pt/courses/PT/course/2341. As instruções para o processo de candidatura em linha podem ser consultadas aqui: http://www.uc.pt/candidatos/online
  • C) Quais os critérios de seriação na candidatura à Bolsas FCT do Programa?
    O Programa atribui 5 bolsas de doutoramento em 2016-2017. A candidatura às bolsas de doutoramento decorrerá de 1 a 15 de julho de 2016 (o edital é publicado a 1 de junho de 2016, na página do CLP: http://www.uc.pt/fluc/clp/inv/bols). A seriação dos candidatos às bolsas obedece aos seguintes critérios:
    1) Mérito científico do projeto preliminar de doutoramento do candidato [ponderação 40%] – este projeto preliminar deverá enquadrar-se numa das três linhas de investigação do Programa: “Ex Machina: Literatura e Inscrição” (cf. http://www.uc.pt/fluc/clp/inv/proj/meddig/exmach); “Vox Media: O Som na Literatura” (cf. http://www.uc.pt/fluc/clp/inv/proj/meddig/voxmed); ou “ReCodex: Formas e Transformações do Livro” (cf. http://www.uc.pt/fluc/clp/inv/proj/meddig/recod);
    2) Classificação obtida na candidatura ao Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura [ponderação 30%];
    3) Entrevista [ponderação 30%].

Nota 1: A entrevista decorrerá na segunda quinzena de julho de 2016, em data a agendar. Em caso de impedimento, a entrevista poderá ser realizada por teleconferência.

Nota 2: O júri reserva o direito de não atribuir as bolsas caso a classificação global do candidato ou candidatos seriados seja igual ou inferior a 15 valores.

  • D) Qual a documentação a apresentar na candidatura às Bolsas do Programa?
    A documentação necessária é definida pelo edital de candidatura às Bolsas de Doutoramento do Programa a publicar quer na página da UC, quer na página do CLP: http://www.uc.pt/fluc/clp/inv/bols
  • E) Basta a candidatura ao Programa para se ser candidato/a às Bolsas do Programa?
    Não. Além da candidatura ao Programa, é necessária uma candidatura específica às Bolsas do Programa. A candidatura às Bolsas do Programa é regulada por um edital próprio, que pode ser consultado aqui: http://www.uc.pt/fluc/clp/inv/bols
  • F) Qual é o valor da propina anual do Programa?
    A propina anual do Programa é atualmente de 1417,00 €, a pagar em 4 prestações.

Mais informações nas seguintes entradas:

1. O que é o Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura?

2. Plano de Estudos do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura (Cf. Despacho Nº 2666_2011, Diário da República_2ª série_Nº26_de 7 de Fevereiro de 2011, pp. 6913-6914)

3. Docentes e Professores Convidados do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura (2010-2016)

4. Estudantes do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura (2010-2016)

5. Requisitos de Acesso ao Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura

6. Procedimentos de candidatura para o ano letivo 2016-2017

7. Reconhecimento do Programa para efeitos de progressão na Carreira Docente

8. Vídeos com depoimentos de atuais Doutorandos e registos de seminários de Professores Convidados (2011-2014)

9. MATLIT:  Materialidades da Literatura (Revista científica de âmbito internacional cobrindo as diversas linhas de investigação do Programa – 6 números publicados, 2013-2016)

10. Projeto LdoD: Arquivo Digital Colaborativo do Livro do Desassossego (2012-2016): projeto de investigação do Centro de Literatura Portuguesa financiado pela FCT, desenvolvido no âmbito do Grupo de Investigação «Mediação Digital e Materialidades da Literatura»

11. Ex Machina: Literatura e Inscrição (2015-2020): projeto de investigação do Centro de Literatura Portuguesa, desenvolvido no âmbito do Grupo de Investigação «Mediação Digital e Materialidades da Literatura»

12. Vox Media: O Som na Literatura (2015-2020): projeto de investigação do Centro de Literatura Portuguesa, desenvolvido no âmbito do Grupo de Investigação «Mediação Digital e Materialidades da Literatura» (Vox Media website)

13. ReCodex: Formas e Transformações do Livro (2015-2020): projeto de investigação do Centro de Literatura Portuguesa, desenvolvido no âmbito do Grupo de Investigação «Mediação Digital e Materialidades da Literatura»

14. Estudos Literários Digitais (14-15 de maio de 2015) | Digital Literary Studies (May 14-15, 2015): colóquio internacional organizado pelo Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura

15. Language and the Interface (2015): exposição internacional organizada pelo Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura

Esclarecimentos adicionais: Prof. Manuel Portela, mportela@fl.uc.pt

Seminário por Abel Barros Baptista

01/06/2016
Cartaz de Tiago Santos.

Cartaz de Tiago Santos.

No próximo dia 17 de junho de 2016, Abel Barros Baptista, professor convidado do Programa de Doutoramento FCT em Materialidades da Literatura, lecionará o seminário “Tese de doutoramento: dificuldades insuperáveis e outras limitações”. A sessão tem início às 14h30 na Sala do Instituto de Estudos Brasileiros (5º piso, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra).

Abel Barros Baptista é professor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. A sua investigação tem incidido sobre literatura brasileira, teoria da literatura e ensino da literatura na universidade. É membro do Instituto de Estudos de Literatura Tradicional (IELT) da Universidade Nova de Lisboa e integrou nos últimos anos a equipa do projeto de investigação financiado pela FCT “Estranhar Pessoa: um escrutínio das pretensões heteronímicas” (2012-2016).  É autor dos livros seguintes: Futilidade da novela. A revolução romanesca de Camilo Castelo Branco (São Paulo, 2012); De Espécie Complicada. Ensaios de Crítica Literária (Coimbra, 2010); O Livro Agreste. Ensaio de Curso de Literatura Brasileira (S. Paulo, 2005); Ensaios Facetos (Lisboa, 2004); Autobibliografias (Lisboa, 1998; S. Paulo, 2003); A Formação do Nome (S. Paulo, 2003); Coligação de Avulsos. Ensaios de Crítica Literária (Lisboa, 2003); (c/Gustavo Rubim) Importa-se de me emprestar o barroco? (Lisboa, 2003); A Infelicidade pela Bibliografia (Coimbra, 2001); (c/Luísa Costa Gomes), O Defunto Elegante (Lisboa, 1997); O Inexorável Romancista (Lisboa, 1993); Camilo e a Revolução Camiliana (Lisboa, 1988); O Professor e o Cemitério (Lisboa, 1986). Dirigiu para as Edições Cotovia o Curso Breve de Literatura Brasileira, coleção de catorze volumes (2005/2006). Organizou ainda os livros Amor de Perdição.Uma Revisão (Coimbra, 2009) e A Cidade e as Serras. Uma Revisão (Coimbra, 2001). Foi Director-Adjunto da revista Colóquio/Letras (1997-2008) e integra, desde 2009, a Comissão de Avaliação Externa (CAE) da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES).

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 114 outros seguidores