Skip to content

Literatura Explicativa

06/07/2015

54_Materialidades da Literatura_Cartaz_MAA_10Jul2015

No próximo dia 10 de julho de 2015 (sexta-feira), na Sala Ferreira Lima (6º piso, FLUC), às 18h00, será apresentado por Osvaldo Manuel Silvestre o livro Literatura Explicativa: Ensaios sobre Ruy Belo (Lisboa: Assírio & Alvim, 2015), organizado por Manaíra Aires Athayde:

O conjunto de ensaios aqui coligidos reúne ensaístas e críticos, portugueses e brasileiros, em torno da obra de um dos mais importantes poetas portugueses do século XX. A multiplicidade da natureza dos ensaios e o leque de abordagens que há neste livro evidenciam que estamos perante uma obra que se presta às mais distintas investigações, exortando uma vaga de entusiasmo sobretudo em linhas do comparatismo. São analisadas as grandes problemáticas e os principais motes temáticos da poesia de Ruy Belo, mas também é dedicada atenção ao seu trabalho enquanto ensaísta e tradutor. Na seção final, a Fortuna Crítica reúne uma amostra significativa de referências bibliográficas desses mais de cinquenta anos de publicações sobre o autor. Literatura Explicativa é um contributo tanto para investigadores experienciados na obra de Ruy Belo quanto para novos leitores. O objetivo é que se torne um livro a ser consultado, num contexto mais amplo, por quem investiga ou se interessa pela Poesia Portuguesa Contemporânea.

Com ensaios de Clara Rowland, Cristina Firmino Santos, Diana Pimentel, Eduardo Lourenço, Emílio Rui Vilar, Fernando Pinto do Amaral, Gastão Cruz, Golgona Anghel, Gustavo Rubim, Ida Alves, J.B. Martinho, Jorge Fernandes da Silveira, Jorge Valentim, Luis Maffei, Luís Mourão, Manaíra Aires Athayde, Manoel Ricardo de Lima, Marcos Lopes, Nuno Júdice, Paula Morão, Pedro Serra, Rosa Maria Martelo e Vasco Graça Moura.

Estado da Arte 5

05/07/2015

monkey-connectome-640x442

Terá lugar no próximo dia 10 de julho de 2015, na sala Ferreira Lima (6º piso da FLUC), a partir das 9.30, a sessão 5 do Estado da Arte, iniciativa com periodicidade semestral na qual todos os doutorandos do Programa de Doutoramento «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura» apresentarão o estado atual da sua dissertação, após o que se seguirá um período de debate. Esta iniciativa destina-se a reforçar a cultura de debate interno e a acompanhar de perto a elaboração das dissertações de doutoramento. A sessão não está aberta ao público, podendo apenas participar os estudantes e os docentes do Programa.

Digital Material – National University of Ireland, Galway. 21-22 May 2015

28/05/2015

dm_logo-01

Texto: Ana Marques Silva; Diogo Marques; Sandra Bettencourt

Fotos: © Sandra Bettencourt

O Colóquio Digital Material teve lugar na National University of Ireland, em Galway, durante os dias 21 e 22 de Maio. Organizado por Justin Tonra, o colóquio teve como um dos seus principais objectivos constituir-se enquanto espaço de investigação e reflexão acerca das relações entre a cultura material e digital, no âmbito das práticas e metodologias das Humanidades.

Esta intersecção entre diferentes culturas e instanciações académicas e literárias esteve patente ao longo de todo o colóquio e foi sublinhada nos momentos de abertura e encerramento do evento: Digital Material teve início com a conferência de Jerome McGann (University of Virginia) intitulada “Truth and Method. Humanities Scholarship as a Science of Exceptions” que promoveu uma reflexão crítica acerca das questões éticas do trabalho académico num tempo marcado pela intensificação da digitalidade. A proposta de McGann foi a de olhar para o passado, através da obra de Emerson e Thoreau, de forma a compreender o presente e o futuro numa perspetiva de engajamento com a materialidade (de que é exemplo o eco-criticismo) e com uma consciência ética que deve informar a “verdade e o método” científicos, ou seja, a honestidade. A conferência final, “Green-Screeners: Locating the Literary History of Word Processing”, apresentada por Matthew G. Kirschenbaum (University of Maryland), estabeleceu um percurso através da história das tecnologias de processamento de texto focando a relação com a escrita de ficção e os processos de retroacção entre tecnologias de inscrição e a produção literária.

Os 14 painéis apresentados ao longo do colóquio estabeleceram diálogos com a investigação dos oradores convidados numa abrangente discussão sobre as possibilidades textuais e digitais nas suas relações dinâmicas. Desde a pesquisa acerca da história do livro e da “coisificação” do objecto livro, até à exploração de arquivos, utensílios e criação de textos bibliográficos, visuais e sonoros digitais, Digital Material foi uma interessante plataforma de disseminação e discussão de diversas formas de pensar e trabalhar tópicos contemporâneos e definidores das Humanidades no século XXI.

Universidade de Galway2

National University of Ireland, Galway.

McGann

Jerome McGann.

Kirschenbaum

Matthew G. Kirschenbaum.

A participação dos estudantes do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura consistiu na apresentação do painel ‘Digital Materialities of the Literary Text’ composto por Ana Marques da Silva, Diogo Marques e Sandra Bettencourt. A comunicação de Ana M. Silva, intitulada “Performative Materialities of Language and Meaning”, explorou noções relativas à materialidade do texto poético em suporte digital, problematizando a questão da agência na escrita e na leitura a partir da análise de “Poemas no meio do caminho”, de Rui Torres (2008), e de “Connected Memories”, de María Mencía (2012). Diogo Marques apresentou uma comunicação intitulada “Inter[(surf)aces]”, problematizando questões relativas ao paradoxo da transparência e opacidade decorrente da ubiquidade das interfaces digitais e da mão enquanto tropo nas representações da digitalidade, discutindo sobre as noções de “superfície” e “interface” na relação com a obra literária digital. Sandra Bettencourt apresentou uma comunicação intitulada “Digital and Material Feedbacks in Steve Tomasula’s Printed Novels”, analisando as relações de retroacção entre o analógico e o digital no contexto do romance impresso e problematizando a noção de materialidade no contexto da cultura digital. Cada uma das três comunicações reflectiu o trabalho que cada um dos três estudantes está a desenvolver no âmbito das respectivas teses de doutoramento. Este painel foi apresentado por Matthew G. Kirschenbaum, que reconheceu e elogiou o trabalho desenvolvido no Programa em Materialidades da Literatura (incluindo uma menção ao recente Colóquio ELD2015 e Exposição “Language and the Interface”), comentando as três comunicações, e assinalando as relações estabelecidas entre as mesmas pela introdução de questões particularmente produtivas no debate que se seguiu às apresentações do painel.

Enquanto parte integrante do colóquio Digital Material, os conferencistas tiveram também a oportunidade de visitar a exposição “Materiality”, no espaço da galeria de arte da NUI Galway, uma exposição de arte digital com obras dos artistas Nora Duggan, Trine Riel, Levi Haines, Radek Przedpelski, Sara Wenthworth, Kieran Nolan, Stephanie Dossou e Moran Been-Noon. Com curadoria de Tom O’Dea, esta exposição propôs-se explorar “o impacto da tecnologia digital na construção da vida económica, social e política”, bem como as “estruturas que a tecnologia digital cria entre o indivíduo e a informação”.

materiality_poster_hi

De entre as várias obras criadas por artistas e investigadores irlandeses e internacionais, destacamos a obra “Control”, da autoria de Kieran Nolan, um “(meta) jogo experimental que explora os constrangimentos da interface. Abordando temas actuais como as limitações de interfaces físicas e a natureza da simbiose humano-computador nos videojogos, em “Control” o utilizador vê-se confrontado com a necessidade de controlar a representação de uma mão que medeia o processo de negociação com uma série de complexos comandos próprios de um videojogo. Mais informação em: https://vimeo.com/123946757 e http://kierannolan.com/control/.

Exposição5

“Control” (2013), autoria de Kieran Nolan.

http://digitalmaterial.ie/

Materialidades da Literatura 2015-2016: bolsas de doutoramento

17/05/2015
Capa da publicação de apresentação do Programa «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura». © Joana Monteiro e Paul Hardman, 2014.

Capa da publicação de apresentação do Programa «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura». © Joana Monteiro e Paul Hardman, 2014.

DML Guia do Programa | DML Programme Handbook

Edital Bolsas de Doutoramento 2015-2016 (concurso aberto de 1 a 15 de julho de 2015)

Announcement Doctoral Studentships 2015-2016 (application open: July 1-15, 2015)

O programa de doutoramento «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura» (Programa de Doutoramento FCT) abre candidaturas para a edição com início em 2015-2016 (10 vagas). As candidaturas decorrem em três fases, de acordo com os prazos seguintes:
1ª fase: 6 de março a 30 de abril de 2015 (5 vagas)
2ª fase: 4 de maio a 15 de julho de 2015 (5 vagas + sobrantes da 1ª fase)
3ª fase: 24 de agosto a 5 de setembro de 2015 (sobrantes da 2ª fase)

O programa de doutoramento «Estudos Avançados em Materialidades da Literatura» (Programa de Doutoramento FCT) atribuirá 5 bolsas de doutoramento para a edição com início em 2015-2016. O edital referente a este concurso foi publicado no passado dia 4 de maio de 2015 no sítio web do Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra e o concurso para as bolsas de doutoramento estará aberto entre 1 e 15 de julho de 2015.

Perguntas Frequentes

  • A) Quais os critérios de seriação na candidatura ao Programa?
    Os critérios estabelecidos para a seriação das candidaturas ao Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura, e que são os critérios a aplicar nas três fases, são os seguintes:
    a) Classificação obtida nos níveis de titulação com que se apresenta (licenciatura e mestrado) [ponderação: 40%];
    b) Habilitações específicas relevantes para o âmbito científico do Curso [ponderação: 20%];
    c) Currículo científico [ponderação: 20%];
    d) Currículo profissional [ponderação: 20%].

É ainda um pré-requisito o domínio da língua inglesa num nível equivalente ao nível B2 do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas.

  • B) Qual a documentação a apresentar na candidatura ao Programa?
    A documentação necessária é definida pelo edital de candidatura ao Programa publicado na página seguinte (no separador ‘Avisos de Abertura’ clicar em ‘Curso de 3º ciclo’): https://apps.uc.pt/courses/PT/course/2341. As instruções para o processo de candidatura em linha podem ser consultadas aqui: http://www.uc.pt/candidatos/online
  • C) Quais os critérios de seriação na candidatura à Bolsas FCT do Programa?
    O Programa atribui 5 bolsas de doutoramento em 2015-2016. A candidatura às bolsas de doutoramento decorrerá de 1 a 15 de julho de 2015 (o edital foi publicado a 4 de maio de 2015, na página do CLP: http://www.uc.pt/fluc/clp/inv/bols). A seriação dos candidatos às bolsas obedece aos seguintes critérios:
    1) Mérito científico do projeto preliminar de doutoramento do candidato [ponderação 40%];
    2) Classificação obtida na candidatura ao Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura [ponderação 30%];
    3) Entrevista [ponderação 30%].
  • D) Qual a documentação a apresentar na candidatura às Bolsas do Programa?
    A documentação necessária é definida pelo edital de candidatura às Bolsas de Doutoramento do Programa a publicar quer na página da UC, quer na página do CLP: http://www.uc.pt/fluc/clp/inv/bols
  • E) Basta a candidatura ao Programa para ser candidato às Bolsas do Programa?
    Não. Além da candidatura ao Programa (na 1ª fase ou na 2ª fase) é necessária uma candidatura específica às Bolsas do Programa. A candidatura às Bolsas do Programa é regulada por um edital próprio, que pode ser consultado aqui: http://www.uc.pt/fluc/clp/inv/bols
  • F) Qual é o valor da propina anual do Programa?
    A propina anual do Programa é atualmente de 1417,00 €, pagos em 4 prestações.

Mais informações nas seguintes entradas:

1. O que é o Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura?

2. Plano de Estudos do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura (Cf. Despacho Nº 2666_2011,  Diário da República_2ª série_Nº26_de 7 de Fevereiro de 2011, pp. 6913-6914)

3. Docentes e Professores Convidados do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura (2010-2015)

4. Estudantes do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura (2010-2015)

5. Requisitos de Acesso ao Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura

6. Procedimentos de candidatura para o ano letivo 2015-2016.

7. Reconhecimento do Programa para efeitos de progressão na Carreira Docente

8. Vídeos com depoimentos de atuais Doutorandos e registos de seminários de Professores Convidados (2011-2014)

9. MATLIT: Revista do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura (2013-2015)

10. Projeto LdoD: Arquivo Digital Colaborativo do Livro do Desassossego (2012-2015): projeto de investigação do Centro de Literatura Portuguesa financiado pela FCT, desenvolvido no âmbito do Grupo de Investigação «Mediação Digital e Materialidades da Literatura»

11. Estudos Literários Digitais (14-15 de maio de 2015) | Digital Literary Studies (May 14-15, 2015): colóquio internacional organizado pelo Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura

Esclarecimentos adicionais: Prof. Manuel Portela, mportela@fl.uc.pt

Materialidades da Literatura na Ipotesi

17/05/2015

Capa_Ipotesi_17.2

O número 17.2 (2013) de Ipotesi: Revista da Estudos Literários, do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de Juiz de Fora, é dedicado ao tema «A Vida Material do Texto em América Latina», tendo sido publicado em abril de 2015. Este número contém uma entrevista sobre o Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura, na qual são brevemente abordadas a genealogia do campo disciplinar e a história do curso, bem como as suas linhas e projetos de investigação. Trata-se de uma entrevista realizada por Alexandre Graça Faria e Lúcia Helena Joviano em junho de 2013: «Materialidades da Literatura: escrita, investigação e reconfigurações no contexto do espaço virtual.»

Language and the Interface: opening of the exhibition

15/05/2015

Este slideshow necessita de JavaScript.

Photos by Tiago Santos, May 14, 2015.

Language and the Interface

01/05/2015
© Ana Sabino, 2015.

© Ana Sabino, 2015.

An Exhibition of Electronic Literature at the University of Coimbra

“The aim of the ‘Language and the Interface’ exhibit is twofold: on the one hand, to show different modes of processing and displaying language in networked programmable media; on the other hand, to call attention to the interface as both a constraining and enabling reading device. What happens when an understanding of literature as patterned verbal and written language is explored in conjunction with the metamedial affordances of the computer environment? What is the role of the interface in situating and constituting readers as subjects of digital literary works? How are the processing of language and the language of processing interfaced by the display?” [From the “Curatorial statement”]

“Language and the Interface” features a selection of 27 works, and results from research work carried out for the FCT PhD Programme in Materialities of Literature. The exhibition is curated by Daniela Côrtes Maduro, Ana Marques da Silva and Diogo Marques. It has been designed as an exploratory sample  of writing strategies from different moments (1995-2015), in various languages (English, Portuguese, French), using diverse technologies (stand-alone and networked computer, tablets and mobile devices, augmented reality applications). The show is  part of the international conference “Digital Literary Studies” hosted by the School of Arts and Humanities at the University of Coimbra, May 14-15, 2015. The works will be on display at the Faculdade de Letras (Room 6, 4th floor). For further information see: Exhibition “Language and the Interface”.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 97 outros seguidores