Saltar para o conteúdo

Doutoramento Nº 18

02/02/2022

Realizam-se no próximo dia 25 de fevereiro de 2022, pelas 14h30, na Sala José Anastácio da Cunha (Departamento de Matemática), as provas de doutoramento em Materialidades da Literatura de Rita Catania Marrone, candidata da quinta edição do Programa, que teve início em 2014-2015. A candidata apresenta a tese «Os “livros ocultos” de Fernando Pessoa: um estudo da biblioteca esotérica de Fernando Pessoa» (2021), orientada por António Apolinário Lourenço (Universidade de Coimbra) e Osvaldo Manuel Silvestre (Universidade de Coimbra).

O júri, nomeado por despacho reitoral de 23 de novembro de 2021, tem a seguinte constituição:
Presidente:
Manuel Portela (Professor Catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra)
Vogais:
Orietta Abbati (Professora Associada da Universidade de Turim)
Rita Patrício (Professora Associada da Universidade de Lisboa)
Pedro Sepúlveda (Professor Auxiliar da Universidade Nova de Lisboa)
Osvaldo Manuel Silvestre (Professor Associado da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra)
Diego Giménez (Investigador do Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra)

Esta tese – a décima oitava do Programa de Doutoramento FCT em Materialidades da Literatura – integra-se numa das linhas de investigação do Programa dedicada à análise da relação entre processos de escrita e tecnologias mediais (Ex Machina: Inscrição e Literatura, subtema “escrita e inscrição”). Rita Marrone investiga a presença do esoterismo na obra de Fernando Pessoa a partir da análise das suas leituras e da sua biblioteca particular.

Resumo [excerto]

A presente tese de doutoramento investiga o papel das leituras esotéricas de Fernando Pessoa, a partir do estudo da sua biblioteca. A pergunta à qual se pretendeu dar resposta é de que forma foram reelaboradas as leituras no âmbito do esoterismo na direção da escrita e da criação literária. O objetivo foi o de criar um espaço de estudo em que fosse possível, ao mesmo tempo, investigar a relevância da biblioteca na constelação de factores que participam na criação da obra e determinar o contributo do esoterismo ocidental para a construção da própria.

Tomando como eixos o conceito de esoterismo ocidental a partir da formulação de Antoine Faivre e o de biblioteca, no seu aspecto material, virtual e ideal, no rumo teórico que Mazzino Montinari chegou a idear no caso da biblioteca de Friedrich Nietzsche, a investigação debruça-se, num primeiro momento, sobre o acervo livreiro à guarda da Casa Fernando Pessoa e sobre o espólio à guarda da Biblioteca Nacional de Portugal, com o objetivo de obter um levantamento o mais completo possível de documentos que se referem ao esoterismo ocidental na posse do poeta. Após a circunscrição de um núcleo central de obras à volta do qual podem ser identificados os principais interesses de Pessoa em relação ao esoterismo ocidental, passa-se a analisar um núcleo temático específico, o da Maçonaria, abrindo o caminho para os escritos de Fernando Pessoa, alguns dos quais inéditos, que fazem referência a esta temática. Isto permite um exame cruzado entre a biblioteca e os escritos pessoanos, proporcionando uma visão exemplar de como se completam e complementam um com o outro, estabelecendo um diálogo contínuo e profícuo.

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: