Skip to content

Lev Manovich na FLUC

11/06/2010

Lev Manovich, professor no Departamento de Artes Visuais da Universidade da Califórnia em San Diego, proferirá uma conferência na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra no próximo dia 18 de Junho, pelas 11h30, no Anfiteatro VI. Esta conferência, organizada pelo Centro de Literatura Portuguesa e pelo Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas, inaugura as actividades do Curso de Doutoramento em Materialidades da Literatura. A conferência intitula-se «How to read 1,000,000 Manga pages? Visualizing patterns in literature, print culture, visual art, cinema, animation, and games». Manovich tem-se dedicado nos últimos anos a desenvolver programas informáticos de visualização de padrões em grandes quantidades de informação, tomando como objecto a multiplicidade de práticas e objectos culturais existentes em rede. «Cultural analytics» é a designação de Manovich para esta prática de visualização digital dos padrões da cultura.

Para os menos familiarizados com a sua obra, refira-se que Lev Manovich desenvolveu no final dos anos 90 uma teoria global dos novos média, identificando os princípios materiais que definem os média digitais e descrevendo a base de dados como a lógica característica da cultura digital. Na última década tem liderado uma área emergente de intersecção entre as humanidades e a computação: os estudos de software, cujo objectivo é estudar a interacção entre os processos informáticos e a cultura. Dirige, desde 2007, The Software Studies Initiative, um projecto conjunto do Center for Research in Computing and the Arts (CRCA) e do California Institute for Telecommunications and Information Technology (Calit2). Manovich tem sido também professor visitante no Goldsmiths College (Universidade de Londres), na De Montfort University (Leicester, UK) e na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Nova Gales do Sul (Sydney). É autor de Software Takes Command (publicado electronicamente, com uma licença Creative Commons, em 2008), Black Box – White Cube (Merve Verlag, Berlim, 2005), Soft Cinema DVD (The MIT Press, 2005), The Language of New Media (The MIT Press, 2001), Metamediji (Belgrado, 2001), Tekstura: Russian Essays on Visual Culture (co-organizado e co-traduzido por Alla Efimova; Chicago University Press, 1993).

Os comentários estão fechados.